Após derrota na estreia para Sampaio Corrêa, Sandro Forner alerta para pressão da torcida
Forner afirmou que não há mais desculpas para o ruim desempenho do seu time (Foto: Dilvulgação/Coritiba Foot Ball Club)

Logo depois da perda do título paranaense, o Coritiba estreou com derrota para o Sampaio Corrêa por 2 a 0, fora de casa, no Campeonato Brasileiro da Série B, com gols marcados por Adniellyson e Uilliam, em partida disputada no Estádio Castelão, localizado em São Luís, capital maranhense.  

Em um possível início de crise no clube, o técnico Sandro Forner foi questionado sobre os últimos placares e sua permanência a frente da equipe alviverde. "Cenário difícil. Temos que reunir forças, tentar melhorar. A torcida está pressionando, não fizemos um bom jogo. Os resultados foram ruins. Ainda não conversei com o presidente depois do jogo". 

Ainda sobre a partida catastrófica do Coxa Branca, o técnico declarou. "Perdemos todos os confrontos durante a partida, ficamos longe do gol. Poderíamos até ter perdido de mais. Tentamos mudar esquema, tentamos marcar em cima.  A partida de hoje nos deixa decepcionados, nos preocupa para a sequência. Precisamos melhorar muito e logo se quisermos subir. Necessitamos de resultados, não temos mais desculpas", alertou o treinador

Após o apito final, um dos únicos jogadores a dar entrevista foi o capitão da equipe, o goleiro Wilson, que também lamentou atuação ruim do time e pontuou que o time precisa melhorar da forma mais rápida possível. 

"É a dificuldade que estamos tendo há algum tempo, não é de hoje. Infelizmente mais um jogo ruim, não conseguimos agredir e tivemos desatenção atrás novamente. Temos que corrigir isso aí. Estamos praticamente remontando o time, e sem tanto tempo para trabalhar junto, mas daqui para frente não temos mais desculpas, temos que dar resultado. Estamos em um campeonato com um único objetivo, que é voltar à Série A. Vimos que temos que melhorar bastante se quisermos alcançar esse objetivo" disse o capitão em entrevista às rádios.

O meia Jean Carlos, um dos estreantes da noite, pontuou as dificuldades que o Coritiba teve no jogo contra o Sampaio. "Eles foram mais eficientes que a gente. Tentamos, corremos, campo muito pesado e quente. Eles tiveram oportunidades e fizeram. Agora é descansar e trabalhar para encaixar na próxima partida", disse Jean. 

O Coritiba volta a entrar em campo na próxima terça-feira (17), dessa em Curitiba. A equipe recebe o Atlético-GO às 21h30, no Estádio Couto Pereira, pela segunda rodada Brasileirão Série B. 

VAVEL Logo