Carille vê Corinthians desligado em primeira derrota na Libertadores

Equipe perdeu a primeira partida na Libertadores em casa, por 2 a 1, e se mostrou irreconhecível na atuação; Emerson Sheik foi expulso de jogo e ficará fora da próxima partida

Carille vê Corinthians desligado em primeira derrota na Libertadores
Comandante da equipe alvinegra perdeu a sua segunda partida consecutiva (Foto: Nelson Almeida/Getty Images)

Na noite da última quarta-feira (3), o Corinthians fez sua quarta partida pela Libertadores da América, contra o Independiente, na Arena Corinthians e sua atuação foi irreconhecível, até mesmo as vistas do técnico Fábio Carille. A equipe sofreu dois gols rápidos no início do jogo e ainda no primeiro tempo o time conseguiu descontar a desvantagem com Jadson, porém nada mais foi feito.

+ Independiente supera Corinthians com boa aplicação tática e embola o grupo 7 da Libertadores

 "É do nosso DNA estar ligado, entramos muito abaixo e pagamos por isso. Equipe deles muito concentrada, devíamos ter igualado. Tiveram chances de fazer o terceiro, até o quarto, jogando no nosso erro e entrando na nossa área. É algo que temos de corrigir, tem de estar organizado e concentrado os 90 minutos" – admitiu – "Lição a gente tira de todos os jogos, sempre tem de estar aprendendo. Hoje, a prova foi que teríamos de estar mais ligados, concentrados, mas todos os jogos são avaliados, independentemente do resultado", completou.

Outro momento marcante do jogo foi a expulsão de Emerson Sheik. O atleta entrou em campo aos 33 minutos de jogo e aos 35 já saiu, sendo expulso após revidar uma falta quando seu companheiro de time Pedrinho havia sofrido uma. O jogador não havia nem tocado na bola. Essa foi sua terceira expulsão em Libertadores com a camisa do Timão somadas à:

    2012 – Santos 0x1 Corinthians – semifinal

    2015 – São Paulo 2x0 Corinthians – primeira fase

    2018 – Corinthians 1x2 Independiente – primeira fase

Sobre o lance, Carille disse: "Vou ver o lance do Sheik primeiro, claro que vamos ter uma conversa, mas vou ver primeiro" – resumiu. Já o jogador preferiu não se manifestar na zona mista e deixou as palavras para sua rede social, onde postou um texto logo após o jogo. No texto, ele disse que quer "levantar mais títulos pelo clube que escolhi amar verdadeiramente". Contra o Deportivo Lara, o camisa 7 está fora. O Corinthians irá retornar a jogar pela Libertadores apenas no dia 17 de maio, contra o Deportivo Lara, na Venezuela.