América-MG vence Botafogo e mantém 100% de aproveitamento em casa no Brasileiro

Juninho é responsável pela vitória que leva o coelho para quinta colocação; Botafogo perde gols e se afasta da parte de cima, ficando em nono na tabela

América-MG vence Botafogo e mantém 100% de aproveitamento em casa no Brasileiro
(Foto: Mourão Panda / América-MG)
América-MG
1 0
Botafogo
América-MG : João Ricardo; Norberto, Messias, Matheus Ferraz e Giovanni; Leandro Donizete e Zé Ricardo (Juninho, min. 43); Aderlan Silva, Serginho (Ruy, min. 77) e Luan; Judivan (Rafael Moura, min. 61)
Botafogo: Jefferson; Marcinho, Carli, Igor Rabello e Gilson (Moisés, min. 79); Rodrigo Lindoso e Matheus Fernandes; Luiz Fernando, Bochecha e Renatinho (Aguirre, min. 65); Brenner (Kieza, min. 65).
Placar: 1-0, min. 78, Juninho.
ÁRBITRO: Rodolpho Toski Marques (CBF). Norberto e Juninho (AMG); Joel Carli, Luiz Fernando, Bochecha e Aguirre (BOT)
INCIDENCIAS: Partida válida pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro, disputada no estádio Independência, em Belo Horizonte.

Em mais uma partida válida pelo Campeonato Brasileiro, o América-MG recebeu o Botafogo no estádio Independência pela sexta rodada e garantiu a vitória de 1 a 0 com gol de Juninho. É importante ressaltar que o coelho não perdeu dentro de casa no campeonato.

A primeira etapa iniciou-se com a posse total de bola do América-MG, que dominou o início do jogo, atacando diversas vezes. Giovanni serviu Serginho dentro da área em primeira grande oportunidade, o camisa 10 dominou e chutou por cima do gol.

Ele foi quem ofereceu mais perigo. Outra oportunidade foi quando Leandro Donizete levantou a bola na área e após bate rebate, ela sobrou para Messias, que dividiu com Jefferson. A facilidade se deu pois o time carioca abriu muito espaço, com isso, ficava mais fácil de invadir a área. 

Procurando dar respostas tentando levar perigo, Luiz Fernando se infiltrou dentro da área em uma oportunidade mas foi desarmado por Leandro Donizete. De fora, Valentim seguiu pedindo para o time chegar no ataque com mais gente, já que estava havendo muitos casos de impedimento. Apesar das oportunidades, a primeira etapa acabou sem gols. 

No segundo tempo se iniciou como o primeiro, com o América-MG impondo o ritmo de jogo e conseguindo criar oportunidades logo de início. Apesar de ter atacando bem, apelou demais nas bolas aéreas o que facilitava a defesa do Botafogo. 

Chegando na parte final da partida, o América-MG conseguiu abrir o placar aos 32 minutos com gol de Juninho, que recebeu bola de Rafael Moura que havia limpado toda a jogada, fazendo o volante dar de biquinho para marcar. Apesar de tentar buscar o empate, Botafogo não conseguiu e perdeu fora de casa. 

A próxima partida do América-MG é na próxima quarta-feira (23) contra o Palmeiras, às 21h45, pela Copa do Brasil; Botafogo enfrenta o Vitória no próximo domingo (27) pelo Campeonato Brasileiro, às 16h.