Loss minimiza derrota e projeta oitavas para Corinthians: "Começa um novo campeonato"
Foto: (Divulgação/Internet)

Loss minimiza derrota e projeta oitavas para Corinthians: "Começa um novo campeonato"

Loss estreia com derrota em casa, mas vê Timão garantir primeira colocação no grupo

sandro
Sandro Vieira

Na noite desta quinta-feira (24), o Corinthians recebeu o colombiano Millonarios e acabou derrotado por 1 a 0. Apesar do resultado negativo, o Timão está classificado para as oitavas de final da competição e decidirá em casa por ter terminado na primeira colocação do grupo.

O novo comandante do Corinthians, Osmar Loss, teve seu primeiro contato como técnico efetivo do Corinthians - após a saída de Fabio Carille - mas não conseguiu garantir seus primeiros 3 pontos. Apesar de não satisfeito com a derrota, Loss, comentou que a partida esteve dentro do esperado.

"O jogo aconteceu como a gente previa, o Millonarios até mudou um pouco sua escalação, criou dificuldade no lado, com um jogador muito alto em cima do Mantuan. Buscamos e construímos boas oportunidades, finalizamos diversas vezes. Não ficamos satisfeitos com derrota, mas esperamos que essa a força ofensiva mostrada se transforme em eficiência", comentou em sua primeira entrevista.

O clube Paulista foi superior durante toda a partida, mas exagerou nas chances desperdiçadas. No final da segunda etapa, aos 35, Carrillo acertou uma excepcional finalização de fora da área marcou o gol da partida. Maycon chegou a empatar, mas o auxiliar assinalou impedimento na origem do lance.

O treinador do Timão lamentou as derrotas em casa na competição internacional, mas sabe que o dever foi cumprido.

"Começa um novo campeonato a partir do mata-mata. Claro que se a gente analisar os resultados, não foram satisfatórios, duas derrotas em casa não é algo comum. Alcançamos nossos objetivos de terminar em primeiro no grupo, na Copa do Brasil também classificamos, e agora temos seis jogos no Brasileirão", disse.

Quando perguntado sobre a ausência de Fabio Carille, Loss fez questão de dizer que o 'DNA' do time também tem o perfil do novo comandante.

"Eu acho que o que já vinha sendo feito tinha muito de Osmar Loss, porque é um futebol parecido que a gente pensa. O Fábio é um treinador que abria espaço para discussões. Tudo era passado pelos auxiliares. Era a forma de o Corinthians jogar. Mostramos a mesma competitividade, a forma de jogar que tem a cara do Corinthians, um time que não tolerar perder, mas isos não é do Osmar Loss, é do Corinthians", afirmou.

Loss admitiu que a nova função é diferente, mas fez questão de dizer que trabalhará para recolar o time no rumo das vitórias.

"A semana foi curta. De terça para quinta foram dois dias muito intensos. Faz com a que a gente reflita bastante, pense e projete. Derrotas preocupam sempre. Se é fora ou em casa, a diferença é a frustração do torcedor que vem ao estádio. Temos que trabalhar, ter uma forma de conduzir e voltar ao cenário de vitórias. A partir do jogo de hoje vamos começar a ter a real noção do que é comandar o Corinthians, do que é ter esse cargo, é muito diferente", encerrou.

A Copa Libertadores fará uma pausa para a Copa do Mundo. Sendo assim, o Timão volta a campo pelo Brasileirão, nesse domingo (27) em Porto Alegre contra o Internacional. Já o Millonarios só volta depois do Mundial na Rússia por estar fora das semifinais do Nacional Colombiano.

VAVEL Logo

Sport Club Corinthians Paulista Notícias

há 3 dias
há 3 dias
há 4 dias
há 5 dias
há 4 dias
há 9 dias
há 17 dias
há 17 dias
há 18 dias
há 17 dias
há 23 dias