Jean reconhece oscilação do Botafogo no início de ano e projeta: “Vamos buscar um bom nível”

Volante concedeu entrevista coletiva após treino desta manhã; atleta deve estar de fora do jogo contra o Corinthians

Jean reconhece oscilação do Botafogo no início de ano e projeta: “Vamos buscar um bom nível”
(Foto: Vítor Silva/SSPress/Botafogo)

O volante Jean cedeu entrevista coletiva logo após o treino desta quinta-feira (5), no estádio Nilton Santos. Vale ressaltar que o time está se preparando prata enfrentar o Corinthians na volta do Campeonato Brasileiro. O principal assunto foi sobre o trabalho do novo técnico do time, Marcos Paquetá.

"Tem um perfil e facilita para nós. Chega com as mesmas ideias de jogo, veio com algumas ideias a mais. Para nós, é bom que não troque. Mas o mesmo perfil facilita. Tem feito trabalhos específicos. hoje resolveu fazer algo mais de posicionamento. Ele fala muito dessa bola que entra na linha da zaga e quer diminuir isso".

Além disso, a intensidade do trabalho foi um assunto também comentado por Jean, afinal, a mudança é perceptível entre a troca de técnico.

"Já ouvi falar que naquelas bandas (Arábia) os caras não param de correr. A intensidade que ele aplica nos treinos é grande, valoriza as coisas de antes, mas mostra algo novo. É um cara meio vovô (risos). Fala com todo mundo. É um cara transparência".

Ainda sobre as projeções para o ano de 2018, o objetivo dos jogadores no Botafogo parece está bem avançado, prometendo um bom nível na volta da Copa.

"Tenho certeza que pensamos em algo grande no ano. Estamos trabalhando firme para isso. Tivemos uma pequena oscilação, mas na volta da Copa vamos manter um bom nível".

Com relação a nova metodologia que Paquetá trouxe ao time, o atleta fez elogios e um comparativo com o futebol atual.

"Hoje não tem time bobo no futebol. Está muito parelho e ele trouxe essa metodologia de fechar as linhas com pressão".

Jean hoje faz parte de um concorrência intensa no meio de campo alvinegro. Essa concorrência engloba Matheus Fernandes, Rodrigo Lindoso, Marcelo e Bochecha. Dentre os mencionaods, Jean é o que está há menos tempo no clube.

"Queria chegar e mostrar o motivo da minha vinda. Mostrei que podem contar comigo. Sabia que estava abaixo fisicamente. Para o segundo semestre tenho uma projeção maior, assim como outros atletas. Estamos sempre brigando pela vaga".

Além disso, Jean não poderá atuar a próxima partida devido a uma cláusula em seu contrato. O volante pertence ao Corinthians - próximo adversário do Botafogo, e não poderá atuar contra o clube paulista.

"Vou passar o whatsapp do Andrés (presidente do Corinthians) para o presidente (Mufarrej) (risos). Prefiro não comentar se poderei jogar ou não”.