É campeão! Sampaio Corrêa segura Bahia e conquista Copa do Nordeste

Após vencer jogo de ida por 1 a 0 em São Luís, equipe maranhense confirmou seu primeiro título regional

É campeão! Sampaio Corrêa segura Bahia e conquista Copa do Nordeste
Sampaio conquistou o Nordeste de maneira inédita. (Foto: Lucas Almeida/Divulgação).
Bahia
0 0
Sampaio Corrêa
Bahia: Anderson; Flávio (Vinícius), Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Gregore, Elton, Élber (Júnior Brumado), Zé Rafael e Régis; Edigar Junio. Técnico: Enderson Moreira
Sampaio Corrêa: Andrey; Bruno Moura, Joécio, Maracás e Alyson; Willian Oliveira, Diego Silva (Silva), Fernando Sobral, Danielzinho (Rodrigo Fumaça) e João Paulo; Uillian Barros. Técnico: Roberto Fonseca
ÁRBITRO: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR), auxiliado por Roberto Braatz (PR) e Gilson Bento Coutinho (PR). Cartão vermelho: Uilliam.
INCIDENCIAS: Confronto válido pelo jogo de volta da final da Copa do Nordeste 2018, disputado na Fonte Nova, em Salvador.

Neste sábado (7), o Sampaio Corrêa se sagrou campeão da Copa do Nordeste pela primeira vez na história. O time maranhense precisava apenas de um empate para confirmar o título, e conseguiu: segurou o Bahia mesmo com a imensa festa que a torcida do Esquadrão fez na Fonte Nova, em Salvador.

Em busca de reverter a situação após perder o jogo de ida por 1 a 0, o Bahia, empurrado pelos mais de 45 mil torcedores presentes, atacou o Sampaio desde os primeiros minutos da partida. Porém, a equipe baiana encontrou dificuldades em entrar na área com a bola no chão durante muitos momentos do jogo.

Foto: Divulgação Sampaio Corrêa
Foto: Divulgação Sampaio Corrêa

Durante o primeiro tempo, o Tricolor baiano recorreu bastante a jogadas aéreas. Entretanto, a melhor chance veio quando Zé Rafael recebeu livre e chutou cruzado para o goleiro Andrey salvar o Sampaio.

Na etapa final, O Bahia repetiu a postura ofensiva, mas novamente pouco finalizou ao gol. Com pouca posse de bola e preso em seu campo de defesa, o Sampaio começou a parar o jogo por meio de sucessivas faltas, Com isso, a equipe do treinador Roberto Fonseca ficou com seis atletas pendurados antes dos 30 minutos. O Esquadrão de Aço continuou tentando de todas as formas, mas a defesa da Bolívia se mostrou eficiente.

Foto: Divulgação Sampaio Corrêa
Foto: Divulgação Sampaio Corrêa

Com nervosismo cada vez maior, o Bahia não conseguia mais chegar com tanto perigo e o Sampaio passou a explorar o campo de ataque. Perto do fim, o atacante Uillian Barros foi expulso de campo. A melhor chance do tricolor baiano veio aos 50 minutos, quando Brumado chutou na área para Andrey defender e a bola ir para fora. Foi o último lance do jogo. Depois disso, a Bolívia já era campeã da Copa do Nordeste de 2018.

Foi a primeira vez que um clube maranhense conquistou a competição. O título rendeu ao Sampaio o prêmio de R$1.5 milhão e, também, a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil de 2019. Além disso, a Bolívia se tornou o primeiro time da região nordestina a vencer dois regionais diferentes, uma vez que já havia conquistado a Copa Norte em 1998.

Foto: Staff Imagens
Foto: Staff Imagens