Marcos Paquetá planeja meta de classificar o Botafogo na Libertadores
Foto: Vitor Silva/ SS Press/ Botafogo

Marcos Paquetá planeja meta de classificar o Botafogo na Libertadores

Treinador mostrou preocupação com a maratona de jogos do Alvinegro, mas garantiu que o trabalho está sendo bem feito

adaniasouza
Adânia Souza

Faltam apenas cinco dias para o retorno do Campeonato Brasileiro e a 13ª rodada tem ares de recomeço para o Botafogo. Marcus Paquetá é a novidade no comando do clube e falou sobre as expectativas para o torneio, os trabalhos feitos na intertemporada e possíveis contratações, em coletiva concedida no Estádio Nilton Santos nessa sexta-feira (13).

"O trabalho está sendo muito legal e de rápido entrosamento. O desgaste foi grande na primeira participação no Campeonato Brasileiro e nessa parada tivemos muitas coisas a serem feitas. Por isso foi um volume grande de trabalho e com intensidade. Os jogadores reclamaram bastante, mas explicamos que era preciso para enfrentar a maratona que teremos.” 

O primeiro desafio será contra o Corinthians, em Itaquera, na próxima quarta-feira (18), às 21h45. Na sequência, a agenda alvinegra conta com cinco partidas em duas semanas. Para o treinador, é humanamente impossível exigir bom rendimento em todos esses jogos, mas é preciso trabalhar com a realidade para atingir altas metas no ano.

Paquetá mira o topo. Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo.
Paquetá mira o topo. Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo.

“O objetivo de qualquer equipe é ser campeã. Todas as equipes possuem limitações e temos que buscar os nossos objetivos dentro das nossas e também do nosso potencial. A primeira ideia é ficar dentro da zona de classificação para a Libertadores e no decorrer da competição vamos ver como as coisas vão saindo. Qualquer resultado positivo te joga para cima e temos que pensar sempre para cima mesmo.”

O caminho encontrado pela comissão técnica durante a parada para a Copa do Mundo foi a realização de quatro jogos-treinos. Foram três vitórias, contra Nova Iguaçu, Bangu e América-RJ, e uma derrota, para o Audax.

Aguirre mostra serviço em jogo-treino contra o América-RJ. Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo.
Aguirre mostra serviço em jogo-treino contra o América-RJ. Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo.

"Queria ver todo mundo jogando. Dividi o grupo em várias partes, até para dar oportunidade para todos jogarem em suas funções. O resultado não era o mais importante e sim dar um ritmo de jogo. Optamos por enfrentar equipes que já estão com ritmo, para aumentar a intensidade. Sabemos que os jogadores dessas equipes vêm buscando uma chance e isso exigiu muito dos nossos atletas fisicamente."

Enquanto Paquetá não define os titulares, o espírito de competição eleva o nível da equipe. Em Aguirre, o treinador vê um jogador de grande versatilidade e qualidade, mas que ainda não está 100% pronto. Do outro lado, Kieza é inteligente, experiente, sabe usar os espaços e infiltra bem. No meio, a briga é entre Marcelo e Matheus Fernandes. O comandante acredita que o primeiro é um jogador mais cadenciado, mas precisa de atenção especial porque atuou pouco na temporada e ainda passou por uma contusão. Matheus Fernandes é conhecido da comissão, que sabe de sua capacidade.O lema de Paquetá é: "Está todo mundo concorrendo".

Matheus Fernandes luta para voltar a sua melhor forma. Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo.
Matheus Fernandes luta para voltar a sua melhor forma. Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo.

Se alguns clubes aproveitaram a intertemporada para calibrar ainda mais seu velho esquadrão, outras perderam peças importantes e sofreram com lesões. O Botafogo não foi prejudicado na janela, mas não descarta a contratação de reforços para o restante do ano. 

"Acho que o Botafogo optou em manter a base, esse foi o grande ganho da nossa equipe. Um jogador para chegar tem que realmente fazer a diferença. Trazer por trazer não vai nos ajudar. O radar está aceso em busca das nossas necessidades. Todo bom jogador é bem-vindo se tiver dentro das necessidades do nosso elenco. Temos um bom grupo de analistas de desempenho que buscam atletas diariamente e estamos na torcida que apareça algum atleta para qualificar o nosso elenco", concluiu o treinador.

VAVEL Logo

Botafogo de Futebol e Regatas Notícias

há 19 dias
há 21 dias
há 22 dias
há 23 dias
há 25 dias
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês