Botafogo vence Chapecoense pelo placar mínimo e respira no Brasileiro
(Foto: Vítor Silva/SS Press/Botafogo)

Botafogo vence Chapecoense pelo placar mínimo e respira no Brasileiro

Jogo foi marcado por anulação de dois gols; em caso de derrota, Botafogo poderia estar perto da zona do rebaixamento

ariannalacerda
Arianna Lacerda
BotafogoSaulo, Luís Ricardo, Joel Carli, Igor Rabello e Moisés; Jean, Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes, Leo Valencia; Rodrigo Pimpão e Kieza
Chapecoense Jandrei, Eduardo, Rafael Thyere, Douglas e Bruno Pacheco; Elicarlos, Márcio Araújo e Canteros; Bruno Silva, Leandro Pereira e Guilherme
Placar1-0, min. 54, Marcinho
ÁRBITROSavio Pereira Sampaio (DF). Cartões amarelos: Douglas, Canteros e Doffo (CHA) Pimpão e Rodrigo Lindoso (BOT)
INCIDENCIASPartida válida pela 15º rodada do Campeonato Brasileiro, no estádio Nilton Santos entre Botafogo e Chapecoense.

Em mais uma rodada do Campeonato Brasileiro, o Botafogo recebeu em casa a Chapecoense, no Nilton Santos. Além disso, o alvinegro conseguiu a vitória por 1 a 0, com gol de Marcinho, que marcou pela primeira vez no profissional. 

Logo nos primeiros minutos, a Chapecoense tentou impor o ritmo de jogo mas marcando muitas faltas, saindo cartão amarelo logo nos dois minutos. Na primeira jogada de Gilson em sua nova posição, quase levou perigo, carregando bem pelo meio, passando por dois na tentativa de achar Kieza na área. 

Aos 16 minutos, Valencia ajeitou para Matheus Fernandes, que chutou da entrada da área e a bola saiu raspando o ângulo direito de Jandrei. Saulo também teve oportunidade de mostrar trabalho depois de ataque de Bruno Silva. Nos minutos finais, o jogo continuou movimentado mas sem chances precisas de gol. 

O segundo tempo começou bastante equilibrado, com Igor Rabello quase dando mole. Com a bola dominada, ele foi recuar para Saulo mas a bola saiu forte demais e Leandro Pereira quase ficou com ela na cara do gol. 

Aos nove minutos, Valencia levantou bola na área, Kieza ajeitou para Marcinho que acertou um belo chute para abrir o placar. O lateral se exaltou após o gol e parecia querer desabafar com algum torcedor, mas Kieza chegou para conter o atleta. 

Nos minutos finais, o Botafogo teve gol anulado depois de Kieza cruzar rasteiro para Moisés que fez o segundo do Botafogo, porém a arbitragem anula o gol alegando falta de Moisés no início da jogada. Nos acréscimos também teve gol anulado da Chapecoense, que após cruzamento na área, Leandro Pereira desviou a bola de cabeça e marcando gol de empate, mas foi marcado  impedimento. 

Próxima partida do Botafogo é contra o Internacional, às 16h, no Beira-Rio no próximo domingo (29), pelo Campeonato Brasileiro. A Chapecoense enfrenta o Grêmio no mesmo dia, às 19h, na Arena Condá. 

VAVEL Logo