Em jogo adiado, Atlético-PR bate Vasco e emplaca quinta vitória seguida na Arena da Baixada
Em jogo adiado, Atlético-PR bate Vasco e emplaca quinta vitória seguida na Arena da Baixada. Foto: Divulgação/Atletico-PR

Em jogo adiado, Atlético-PR bate Vasco e emplaca quinta vitória seguida na Arena da Baixada

Furacão chega a oito jogos de invencibilidade com treinador Tiago Nunes

mathenrique
Matheus Henrique

Mandante indigesto, o Atlético-PR fez nova vítima na Arena da Baixada, nesta quarta-feira (29), em jogo adiado, válido pela 15ª do Campeonato Brasileiro. Com novo treinador, o Vasco não superou a pressão do Furacão e foi derrotado pelo placar de 1 a 0. O gol da partida foi marcado por Raphael Veiga.

Antes do confronto, o time da casa bancava excelente retrospecto dentro de casa, algo costumeiro em sua história, mas destacado nos últimos jogos. Além de carregar marca de sete jogos de invencibilidade, o clube rubro-negro havia saído vencedor dos seus últimos quatro jogos em casa, com duelos na Sul-Americana e Brasileirão.

Por outro lado, o Gigante da Colina buscava crescer seu rendimento na temporada, e contava com novidade no comando: Alberto Valentim. Entre os principais objetivos do novo treinador, se encontrava consertar a dificuldade na bola aérea, uma das principais virtudes do Furacão. E foi por ali que o time mandante iniciou a estratégia em busca dos três pontos.

Logo aos cinco minutos de jogo, Zé Ivaldo cabeceou com perigo para o gol de Martin Silva, após escanteio cobrado na área, mas a bola saiu pelo lado da meta vascaína. No decorrer da primeira etapa, o Vasco igualou as forças e teve em seus pés a principal chance de abrir o placar, aos 25 minutos, quando Santos saiu jogando mal e a bola caiu nos pés de Vinicius Araújo, que não finalizou a jogada como ideal. No minuto seguinte, o Furacão respondeu com Pablo, mas o goleiro do clube carioca impediu que o marcador se alterasse.

A primeira etapa se encerrou sem mais muitos perigos, porém, o segundo tempo passou longe de seguir a mesma linha, especialmente pelo lado do time mandante. Um dos mais persistentes na partida era Zé Ivaldo, defensor do Furacão, que novamente abriu a lista de chegadas ao ataque de sua equipe, desta vez em duas oportunidades.

Aos dois minutos, o zagueiro aproveitou rebote na área e chutou rente à trave de Martin Silva. Aos quatro, ele apareceu livre na segunda trave em cobrança de falta e carimbou o travessão vascaíno.

Porém, aos 18 minutos, não teve Martín Silva, nem travessão, que pudesse salvar o Vasco. Raphael Veiga aproveitou cruzamento, se antecipou ao marcador e jogou a bola para o fundo das redes.

Na sequência do duelo, o Atlético-PR soube controlar a vantagem no placar, enquanto faltava eficiência para definir as jogadas no clube visitante, ainda em adaptação pela chegada de Valentim. Sendo assim, a partida se encerrou com vitória do Furacão pelo placar mínimo, deixando a beira da zona de rebaixamento e subindo à 13ª colocação, com 24 pontos.

Com a mesma pontuação, o Vasco caiu para a 15ª colocação. Na próxima rodada, a equipe carioca terá a chance de crescer seu rendimento sob o novo comando no próximo sábado (1), diante do Santos, no Maracanã, às 19h. Do outro lado, o Furacão pode aumentar sua sequência de vitórias dentro de casa diante do Bahia, neste domingo (2), às 16h.

VAVEL Logo

    Atlético PR Notícias

    há 3 dias
    há 4 dias
    há 4 dias
    há 5 dias
    há 5 dias
    há 5 dias
    há 11 dias
    há 11 dias
    há 12 dias
    há 13 dias
    há 15 dias