Vasco vence São Paulo em São Januário lotado e respira na luta contra o rebaixamento
Divulgação/ Vasco

Vasco vence São Paulo em São Januário lotado e respira na luta contra o rebaixamento

Clube cruz-maltino faz gol ainda no primeiro tempo e consegue aguentar pressão do tricolor paulista para assegurar resultado para subir posições importantes na tabela 

agnesrigas
Agnes Rigas
VascoFernando Miguel; Luiz Gustavo; Werley; Leandro Castan; Henrique; Desábato; Andrey; Yago Pikachu; Thiago Galhardo; Kelvin e Maxi López.
São PauloJean; Bruno Peres; Arboleda; Rodrigo Caio; Reinaldo; Jucilei; Hudson; Helinho; Nenê; Everton e Tréllez.
Placar1-0, min 17, Andrey. 2-0, min 50, Pikachu.
INCIDENCIASPartida válida pela 36° rodada do Campeonato Brasileiro. Jogo realizado no estádio São Januário no Rio de Janeiro.

Na noite desta quinta feira (22), o Vasco recebeu o São Paulo em São Januário em um jogo válido pela 36° rodada do Campeonato Brasileiro. Em um jogo nervoso para o clube cruz-maltino pelo momento complicado que vive na busca de fugir do rebaixamento, o resultado da partida foi maravilhoso para o time carioca, que com a vitória ainda respirar e almeja a sua permanência na série A do futebol brasileiro.

Com o início do primeiro tempo, estando em uma situação complicada na tabela, o Vasco mostrou um posicionamento mais ofensivo dentro de campo.  A todo tempo esteve acionando seus atacantes para que jogadas perigosas fossem executadas. Mas mesmo com o time do São Paulo mais compacto dentro de campo, o jogo ainda se mostrava equilibrado. O tricolor paulista mesmo com uma postura mais defensiva na partida, conseguia acionar seus jogadores do meio para frente para incomodar a defesa do time mandante, até o primeiro gol do Vasco acontece.

Em uma jogada originada pelos pés do Andrey, que ficou esperto com a saída de bola do São Paulo e percebeu o vacilo do Jucilei, acabou roubando a bola e com um chute de fora de área, mandou uma bomba deslocando o goleiro Jean que não conseguiu se movimentar a tempo de fazer a defesa. 

Após o gol, o time do Gigante da Colina se postou totalmente organizado defensivamente, confundindo a saída de bola do adversário. Vendo a boa marcação do Vasco, o São Paulo forçava suas jogadas ofensivas somente por um lado do campo, o que facilitava ainda mais a marcação do Vasco.

No segundo tempo, já que buscava uma vaga no G4, o São Paulo veio com outra postura depois do intervalo.  Desde do primeiro minuto da segunda etapa, o time visitante ficava constantemente no campo de ataque, sufocando a defesa do Vasco com jogadas de ataques bem perigosas.

Com o resultado ao seu favor, o Gigante da Colina recuou total na partida. Resolveu tomar a decisão de se fechar lá atrás e chamava o São Paulo ao seu campo de ataque o tempo inteiro. Com essa decisão perigosa, o time visitante passou a ter 60% da posse de bola e praticamente todas as ações perigosas do último segundo tempo de jogo.

Pressionando até os últimos instantes, aos 43 do segundo tempo, o goleiro Fernando Miguel fez a defesa do jogo e assegurou um resultado sem gol para o time cruz-maltino com uma defesa fenomenal da cabeçada feita pelo zagueiro Rodrigo Caio em uma batida de de falta que foi levantada para dentro da grande área.

Segurando a bola nos últimos minutos, foi nos acréscimos que com uma espetacular jogada feita por Maxi López, Pikachu ampliou o marcador em São Januário. Chutando no cantinho do gol do Jean, o Vasco vence a partida diante de sua torcida que lotou o estádio no intuito de apoiar a equipe nesse momento difícil em que vive no Brasileirão.

Na última rodada da competição, o Vasco enfrenta o líder Palmeiras no domingo (25) as 17:00 (horário de Brasília) e novamente diante de sua torcida que promete lotar São Januário, o clube carioca luta para conquistar os três pontos e expulsar qualquer chance de rebaixamento. Já o São Paulo joga contra o Sport no Morumbi na segunda (26) as 20:00 (horário de Brasília).

VAVEL Logo

Club de Regatas Vasco da Gama Notícias