Contundido, Sander lamenta não poder ajudar o Sport: "Fico agoniado''
Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife

Contundido, Sander lamenta não poder ajudar o Sport: "Fico agoniado''

Lateral ainda é dúvida para domingo, mas continua trabalhando com a esperança de entrar em campo contra o Santos

danrleypascoal
Danrley Pascoal

Em situação delicada na Série A, o Sport se prepara para enfrentar o Santos pela última rodada do Brasileirão. O lateral Sander, que está impossibilitado de jogar há algumas rodadas, falou sobre o sentimento de não poder ajudar nesse momento difícil e também sobre a expectativa de entrar em campo na última rodada.

"Eu não consigo nem assistir os jogos. Não consegui ver (contra o São Paulo) e tive que descer para o vestiário e ficar só escutando. Me deixa muito triste estar fora. Não gosto de me machucar. Trabalho muito e fico agoniado de estar fora", disse Sander.

O jogador não entra em campo desde a vitória sobre o Grêmio em Porto Alegre, no dia 27 de outubro, e trabalha arduamente para voltar ainda esse ano. "A minha recuperação está dentro do esperado de seis semanas. Foi uma lesão grave. Fui para as viagens (Chapecó e São Paulo) para fazer tratamento intensivo em três períodos, como já vinha fazendo no Recife. Não sei dizer se dá para jogar. Tenho que fazer testes para ver. A olho nu a gente não consegue ver. Vamos fazer testes para ver como o tornozelo vai reagir no decorrer da semana".

O Sport tem 39 pontos e precisa vencer o Santos domingo às 17h,pelo horário de Brasília, na Ilha do Retiro, além de torcer por uma combinação de resultados. Empate do América-MG contra o Fluminense, derrota da Chapecoense contra o São Paulo e revés do Vasco contra o Ceará. O rubronegro necessita que no mínimo dois desses três jogos tenham resultados favoráveis para escapar em caso de vitória. 

VAVEL Logo

Sport Club do Recife Notícias