Corinthians vira contra Avenida-RS e avança na Copa do Brasil
Foto: (Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)

Corinthians vira contra Avenida-RS e avança na Copa do Brasil

Alvinegro sofreu dois gols antes mesmo dos dez minutos inicias; Henrique, Danilo Avelar, Junior Urso e Gustagol salvaram o Timão

sandro
Sandro Vieira
CorinthiansCássio, Fagner, Manoel, Henrique e Danilo Avelar; Ralf (Vagner Love), Junior Urso, Sornoza(Mauro Boselli) e Pedrinho; Clayson(Sérgio Diaz) e Gustavo. Técnico: Fabio Carille.
Fabiano; Felipe Cordeiro, Yuri, Claudinho e Márcio. Carlinhos (Thiago Steffen), Felipe Manoel, Jô e Welder; Tito (Maurício) e Flávio Torres. Treinador: Fabiano Daitx
PlacarFlávio Torres 0-1,min 3'. Tito 0-2,min 9'; Henrique 1-2,min 46; Danilo Avelar 2-2,min31'(2ºt); Júnior Urso 3-2,min 42' (2ºt); Gustavo 4-2,min 46 (2ºt)
INCIDENCIASPartida válida pela segunda fase da Copa do Brasil. Arena Corinthians - São Paulo. 21.120 pagantes.

A noite desta quarta-feira (20), foi da maneira que o torcedor corintiano está acostumado: com muito sofrimento. De virada, o Timão venceu por 4 a 2, o Avenida-RS, pela segunda fase da Copa do Brasil na Arena Corinthians. 

Os pouco mais de 21 mil torcedores presentes em Itaquera viram um Corinthians completamente desligado em relação ao Avenida. Com apenas 10 minutos da primeira etapa o time gaúcho já estava com dois gols a mais no placar.

O primeiro, aos três minutos, veio de uma arma fatal para os adversários do Alvinegro Paulista nesse inicio de temporada: a bola aérea. No cruzamento de escanteio, Flávio Torres, em meio a três marcadores do Corinthians subiu mais alto e contou com a ajuda de Cássio para abrir o placar.

Aos nove minutos, após um chutão da defesa do Avenida, Ralf, cabeceou para trás, Henrique se complicou, a bola chegou a Tito que carregou em diagonal e bateu no canto de canto direito de Cássio. 2 a 0.

Sentindo a dificuldade de criação e oportunidades de gols, Carille, mexeu antes mesmo do fim da primeira etapa. Tirou o volante Ralf e colocou o inspirado Vagner Love. O experiente atacante mudou o panorama ofensivo da equipe e foi dos pés dele que saíram as melhores chances.

Após sofrer os dois gols, o time de Fábio Carille, tomou conta da partida e passou a oferecer perigo ao gol de Fabiano. Faltando um minuto para o fim da primeira etapa, Henrique, que havia falhado nos dois gols do Avenida, conseguiu escorar um cruzamento de Sornoza e levou para o vestiário um resultado mais leve ao time da casa.

O segundo tempo foi amplamente dominado pelo Corinthians. Com muito mais posse de bola, o Timão rodou o campo e conseguiu criar muito mais oportunidades. As principais saíram de Vagner Love com dois bons chutes de fora da área que levaram muito perigo ao gol do Avenida. 

Entretanto, foi o time visitante que criou a melhor oportunidade, com um longo e belo chute na trave de Tito - seria o segundo gol do atacante.

Aos 31 minutos, após cobrança de falta, Sornoza, colocou na cabeça do contestado lateral-esquerdo corintiano, Danilo Avelar, igualar o placar e dar um alivio ao fiel torcedor presente em Itaquera e em todo o Brasil.

Após o empate, Fábio Carille, mexeu na equipe novamente. Tirou Clayson, e colocou Sérgio Diaz. O paraguaio tentou, mas não conseguiu furar o forte sistema defensivo gaúcho. Mauro Boselli também veio a campo para evitar as penalidades no lugar de Sornoza, responsável pelas duas assistências.

Aos 42 minutos, com o Avenida abatido e cansado fisicamente, Junior Urso contando com a sorte acabou virando para os donos da casa. Após um chute fraco a bola desviou no calcanhar do defensor e morreu no fundo das redes. 

Aos 46 minutos, para afastar, de vez, a chances do Avenida, Gustagol, sempre ele, marcou o quarto do Timão em Itaquera e seu oitavo gol na temporada.  

O Corinthians volta a campo neste domingo (24), pelo Campeonato Paulista, fora de casa, contra o Botafogo de Ribeirão Preto, às 19h. 

VAVEL Logo