Jorginho lamenta resultado no clássico e cobra postura diferente do Coxa:  "Derrota que dói"
Coritiba Oficial / Divulgação

O técnico do Coritiba, Jorginho, não gostou nada do primeiro tempo do clássico contra o Paraná. Ele citou os principais erros e garantiu que a equipe não teve a postura necessária. A Coxa perdeu por 2 a 0 pela 26ª rodada da Série B do Brasileirão, na Vila Capanema

"É difícil a gente cravar exatamente o que aconteceu. Mas é certo que eles entraram mais ligados, atentos e vibrando a cada momento nas divididas. A gente entrou um pouco lerdo nestes dez primeiros minutos. Depois a gente conseguiu igualar, conseguimos jogar, manter a posse de bola e fazer um segundo tempo melhor que o deles. É uma experiência para a gente, faltam treze jogos, precisamos fazer com que esses jogos sejam finais, que a gente entre realmente ligados, atentos e concentrados porque a equipe em nenhum momento deixou de ser organizada. Faltou aquele espírito que a gente quer que aconteça no jogo todo. A gente reconhece", admitiu.

Com esse resultado, o Coritiba perdeu a chance de integrar os quatro primeiros da tabela e agora espera contar com os próximos confrontos. "É uma derrota que dói porque a gente poderia ter alcançado o G-4. Apesar de estar tudo muito embolado, era um ponto importante. Agora é olhar para frente, temos dois jogos em casa e precisamos fazer esses resultados. Fazendo isso, temos um jogo a menos e nos da uma possibilidade grande de voltar ao G-4", disse Jorginho.

O comandante falou também sobre a pressão no time para retornar para a elite do Campeonato Brasileiro e a importância de avaliar o trabalho como um todo.

"Eu sei que as coisas precisam ser movimentadas, como aconteceu do primeiro para o segundo tempo, mas de forma nenhuma culpar um jogador ou outro porque a responsabilidade é sempre do treinador. Vou estar fazendo de tudo nos treinamentos. Estou chegando agora, compreendendo e conhecendo vários jogadores que eu não tinha conhecimento profundo. Tenho sim que tomar as atitudes necessárias mas nunca colocando a responsabilidade em cima de um ou outro atleta".

O time verde segue na oitava posição, com 37 pontos. Na próxima rodada, o Coxa enfrenta o Guarani na terça-feira (08), no Couto Pereira, às 19h15.

VAVEL Logo