Palmeiras vence Avaí em jogo com VAR e temporal
Foto: Reprodução/SE Palmeiras

Pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro Série A 2019, o Palmeiras venceu o Avaí, por 2 a 1, na Ressacada e manteve a distância de 10 pontos para o líder Flamengo. Ao Leão da Ilha sobrou a quarta derrota seguida, a 17ª no campeonato e incômoda posição de lanterna do Brasileirão.

Palmeiras começa bem, Avaí termina melhor

Mesmo com o Avaí jogando em casa, as posturas das equipes já eram previstas e se confirmaram no início do jogo: o Leão da Ilha com uma linha de 5 na defesa e 4 no meio-de-campo. O Verdão jogando a bola pelas laterais, tentando escapar da forte marcação dos catarinenses. A primeira finalização só surgiu aos 20 minutos, com o atacante Deyverson chutando fraco para a defesa de Vladimir. O Avaí respondeu logo depois, aos 24 minutos. Em saída errada do Palmeiras, Dudu passou errado e a bola sobrou para o atacante Jonathan, que chutou duas vezes para duas boas defesas de Weverton.

Mesmo com posse de bola de 73%, o Porco não achou o caminho do gol, esbarrando na marcação avaiana e sempre recorrendo a cruzamentos e bolas para Dudu. Ao fim da primeira etapa o Avaí ainda teve uma segunda chance: aos 49 minutos, um cruzamento não cortado pela zaga palmeirense parou na cabeça de Vinícius Araújo, Weverton defendeu e Vinicius chutou no goleiro verde no rebote. O Avaí teve mais chances e terminou superior ao vice-líder.

Gols, VAR e temporal

A segunda etapa ia sendo uma cópia da primeira. Mas a clássica estratégia palmeirense de bolas aéreas deu certo logo aos 9 minutos. Em escanteio cobrado por Dudu (sempre ele), Deyverson bateu forte de cabeça e inaugurou o placar. 1 a 0 Palmeiras. E o meia Dudu não parou: dois minutos após o gol, ele arrancou pela esquerda e mandou na área para Deyverson mandar na trave.

Ao Leão não coube outra escolha senão ir ao ataque, sempre através de escanteios e recuperações de bola, mas deixando espaços atrás, desfazendo a linha defensiva que protegeu bem a meta catarinense. Aos 32 minutos, um lance de possível pênalti em um encontrão de Weverton em Vinícius Araújo, e o árbitro Wilton Pereira de Sampaio, com auxílio do VAR, marcou a penalidade. O meia João Paulo bateu e empatou o jogo. 1 a 1. A pressão azulina vingou.

Cinco minutos depois o VAR voltou para mudar o jogo mais uma vez. Um chute do zagueiro Ricardo bateu em Deyverson na grande área, e o juíz, mais uma vez consultando o árbitro de vídeo,  marcou pênalti. Gustavo Scarpa bateu de esquerda e fez. 2 a 1 Palmeiras.

Com o campo prejudicado por um forte temporal os times, que mal conseguiram tocar a bola durante o segundo tempo, se arrastaram dando chutões e lançamentos no restante da partida.

Tabela e próximos jogos

O Avaí se manteve na 20ª e última posição, com 17 pontos e o Verdão foi para 57 pontos, na segunda colocação. O Alvi-azulino joga na próxima quarta (30), na Ressacada, contra o Fortaleza. O próximo jogo do Palmeiras é o Choque-Rei, contra o São Paulo também na quarta (30), no Allianz Parque.

MEDIA: 5VOTES: 1
VAVEL Logo