Vitória empata com CRB e segue ameaçado de rebaixamento
Foto: Pietro Carpi/ECV

Vitória e CRB entraram em campo no Barradão pressionados por um resultado positivo, mas amargaram um empate em 2 a 2, pela 35ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Élton e Léo Ceará deixaram a equipe regatiana por duas vezes na frente, mas Felipe Gedoz e Thiago Carleto marcaram para o Leão, dando números finais ao confronto.

O resultado não agradou nenhuma das duas equipes. O Vitória chegou aos 42 pontos e se manteve na 13ª colocação com chances de rebaixamento. Já o CRB passou a ocupar a 6ª posição, com 51 pontos, perdendo a oportunidade de encostar no G-4.

O Leão volta a campo na próxima sexta-feira (15), às 17h, quando visita o América-MG na Arena Independência. No dia seguinte, às 16h30, o CRB recebe a Ponte Preta, no Rei Pelé.

Partículas calmas

Jogando em casa e precisando de um resultado positivo, o Vitória partiu para cima do CRB e quase abriu o placar com Everton Sena. Entretanto, o golpe alvirrubro veio em seguida. Élton bateu da entrada da área, a bola desviou em Ramon e morreu no fundo das redes de Martín Rodríguez.

Na reta final da primeira etapa, o Leão ainda correu atrás do prejuízo, mas não conseguiu igualar o marcador. Na melhor chance criada, Wesley bateu forte e obrigou Edson Mardden a realizar uma grande defesa, salvando o Galo. Na sequência, Rodrigo Andrade também parou no goleiro regatiano.

Fortes emoções

Toda adrenalina do jogo veio à tona no segundo tempo. No início, a equipe mandante empatou com Felipe Gedoz, que acertou um belo chute da entrada da área. No lance seguinte, o CRB voltou a ficar na frente. Léo Ceará recebeu na área e tocou na saída de Martín Rodríguez, deixando o time alagoano novamente em vantagem.

Antes do desespero, o Vitória conseguiu um pênalti quando Victor Ramos desviou a bola com a mão e foi expulso. Na cobrança, Thiago Carleto bateu no meio do gol, empatando de novo para o time rubro-negro. Mesmo com a vantagem numérica, a equipe leonina não conseguiu criar boas chances e acabou perdendo Van, que recebeu cartão vermelho após cometer falta em Daniel Borges.

VAVEL Logo