Flamengo goleia Cabofriense, e Gabigol se torna maior artilheiro do novo Maracanã com hat-trick
Foto: Paula Reis/CRF

Mais um show do Flamengo em 2020! Na noite deste sábado (29), o Rubro-Negro encarou a Cabofriense no Maracanã, sendo visitante, e contou com a inspiração de Gabigol. O camisa 9 marcou três gols e deu a assistência para Michael balançar as redes pela primeira vez com a camisa flamenguista. Assim, depois de tropeçar no primeiro tempo, a equipe alternativa de Jorge Jesus atropelou por 4 a 1 na estreia da Taça Rio.

Quando se vê três gols de diferença no placar final, imagina-se um confronto fácil do início ao fim — mas não foi isso que aconteceu. No primeiro tempo, o Flamengo sofreu com as bolas longas da Cabofriense. Adão, Gama e Menezes deram muito trabalho aos laterais Renê e João Lucas. No entanto, mesmo com essa dificuldade, quem abriu o marcador foi Michael, de carrinho, após passe de Gabigol que cruzou a boca do gol aos 13 minutos.

Aos 25', Gama apareceu na boa dentro da área e empatou para o time de Cabo Frio. Com apenas dois titulares em campo (Gabigol e Arão), o entrosamento ainda não perfeito entre Vitinho, Pedo Rocha, Michael e o próprio Gabigol.

Depois do intervalo, as coisas entraram no eixo da lógica, e o camisa 9 preto e vermelho fez sua torcida cansar de gritar "gol". Aos 64', 77' e 89', Gabriel Barbosa balançou as redes. Desde o tento que recolocou o Flamengo à frente, a Cabofriense já demonstrava não ter mais forças. Assim, a intensidade de Jorge Jesus foi vista mesclada com a administração do resultado.

Gabigol, o maior artilheiro do novo Maracanã

O hat-trick de Gabigol neste sábado (29), o colocou como o maior artilheiro do novo Maracanã, com 33 gols. Ex-Fluminense, Fred era o detentor da marca, com 30 gols. Só em 2020, o camisa 9 do Fla tem nove gols em sete jogos no maior palco do futebol carioca.

Não fez gol, mas Vitinho se destaca

Mesmo não tendo feito nenhum gol, Vitinho fez uma boa atuação contra a Cabofriense e agradou os olhares de Jorge Jesus, que já o vê de bom-grado. Sem Bruno Henrique (machucado) para a estreia na Libertadores contra o Junior Barranquilla, às 21h30 da quarta-feira (4), Vitinho é quem deve ser o primeiro plano de reposição do treinador português. Um pouco mais agudo pelas pontas, Michael também fez uma ótima partida nos espaços deixados pelas pontas, porém em algumas jogadas tomou decisões finais erradas.

Sequência

O próximo compromisso do Flamengo é pela Libertadores, na quarta-feira (4), e na segunda rodada da Taça Rio, o oponente da vez será o Botafogo, às 18h do sábado (7). Enquanto isso, a Cabofriense só volta a campo no domingo (8), contra a Portuguesa, às 16h.

VAVEL Logo