Beirando eliminações da Copa do Brasil e Estadual, Adilson
Batista é demitido do Cruzeiro 
Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

O Cruzeiro anunciou, nesta quinta (12), a saída de Adilson Batista do comando do clube. Após perder na noite de ontem para o CRB por 2 a 0, no Mineirão, pela Copa do Brasil, e dificultar a vida da Raposa para o jogo da volta, sua demissão foi concretizada, em iniciativa do Conselho Gestor do Clube.

Além desse resultado negativo, a equipe também veio de derrota no clássico contra o Atlético, quando perdeu por 2 a 1, colocando o clube em situação delicada no Campeonato Mineiro – há um ponto da zona de classificação faltando três rodadas.

Os números não são apenas o motivo para sua despedida: o futebol da equipe celeste sob o comando de Adilson não agradava os torcedores, e a carência de boas atuações foram tirando sua credibilidade frente à Raposa.

Adilson Batista assumiu o Cruzeiro na reta final do Campeonato Brasileiro do ano passado, na tentativa de salvar o clube da segunda divisão, mas o desafio falhou para o comandante. Aposta de Zezé Perrella – o então vice do clube -, ele chegou caracterizando-se por sua identidade e carinho com o clube.

Pela equipe celeste, desde o seu retorno, em 2019, foram 14 partidas, com quatro vitórias, quatro empates e seis derrotas.

VAVEL Logo