Enderson Moreira e Cruzeiro necessitam um do outro para que
ambos alavanquem no futebol 
Foto: Mourão Panda/América 

Era o momento ideal, o casamento perfeito. A chegada de Enderson Moreira à Raposa beneficiou as duas partes, em atitude que parece ter sido certeira por parte do Cruzeiro e oportunidade de impulsão para o novo comandante.

Cruzeiro confirma Enderson Moreira como novo técnico para sequência da temporada

Duas vezes campeão da Série B por Goiás e América-MG, em 2012 e 2017, respectivamente; identificação com a Raposa em 2007, quando foi campeão pelo clube na Copa São Paulo de Futebol Júnior; nascido em Belo Horizonte; e dentro do teto salarial definido, Enderson é o perfil ideal. Além disso, em termos táticos, seus times atuam com linhas altas e marcação pressão no momento sem a bola.

O Cruzeiro, conhecido por seu histórico de futebol ofensivo e, diante de um campeonato inferior perante à sua tradição, necessita de um treinador de tais características

Da perspectiva de Enderson Moreira, a Raposa é um risco que vale a pena. De fato, o comandante enfrentará dificuldades por assumir uma instituição em reconstrução, no entanto, sua experiência em Série B, quando foi bi, seguidos de outros bons trabalhos, as validam para, enfim, chegar ao êxito numa equipe de maior expressão.

Em seu currículo, consta passagens por equipes como Grêmio, Santos e Fluminense - equipes estas que fazem parte nas tidas doze grandes do país -, no entanto, não adquiriu sucesso por nenhum dos trabalhos.

Obtendo nova oportunidade de figurar entre um time de maior expressão, o técnico tem a seu favor uma competição no qual está acostumado a vencer - Segunda Divisão -, a cidade em que nasceu para trabalhar e o apoio da torcida que legitimou, de forma geral, sua contratação. Seria esta, a oportunidade da virada de chave para o mineiro.

VAVEL Logo