Atacante do Palmeiras, Rony é suspenso pela Fifa por quatro meses
Foto: Cesar Greco/SE Palmeiras

Nesta segunda-feira (13), o Palmeiras recebeu uma péssima notícia. A Fifa deve notificar o clube da suspensão do atacante Rony, que ficará por quatro meses longe dos gramados.

Segundo o site "Globoesporte.com", o Albirex Niigata, do Japão, venceu o processo dentro da Corte Arbitral da Fifa. Além da suspensão, o jogador precisará pagar cerca de R$ 6 milhões para o clube japonês, mais 5% de juros pelo período do processo, em um limite de 30 dias. Em 21 dias, a decisão pode ser contestada no Tribunal Arbitral do Esporte (TAS).

Em 2017, o atacante Rony pertencia ao Cruzeiro e foi emprestado ao Albirex Niigata por um ano. Após o período, o clube japonês alegou ter comprado o jogador e assinado um vinculo de três anos.

Porém, o jogador não reconheceu o contrato e pediu à Fifa a liberação para trocar de clube, em 2018. Corinthians e Botafogo haviam mostrado interesse no atacante, que chegou a ser anunciado pelo time carioca em janeiro daquele ano.

Mas após a polêmica, Rony assinou com o Athletico Parananense, onde acabou sendo campeão da Copa Sul-Americana em 2018 e Copa do Brasil em 2019. No ano seguinte, o Palmeiras contratou o atacante.

Em março de 2019, o Albirex Niigata, foi à Fifa cobrando R$40 milhões de reais do Furacão referente a multa rescisória de Rony prevista no suposto contrato. O processo entrou em julgamento e foi decidido nesta segunda-feira (13).

VAVEL Logo