#BrasileirãoNaVAVEL: Athletico é a grande força fora do eixo
Foto: Divulgação/Athletico

O Campeonato Brasileiro vai começar neste sábado (8) com o Flamengo como grande favorito, mas com outros times sonhando com o título. Fora do "eixo", mas sempre nas primeiras posições do Campeonato Brasileiro, o Athletico vem se consolidando como uma força nacional, embora não conte com grandes cifras como os chamados "G-12".

Embora não tenha a atenção da mídia do eixo RJ-SP, o Athletico roubou a atenção nos dois últimos anos. Isso porque embora com poucos nomes renomados em seu elenco, o Furacão conseguiu abalar as estruturas do futebol com os títulos da Copa Sul-Americana em 2018 e a Copa do Brasil em 2019.

Vale lembrar que em 2020 não terá o grande comandante e um dos responsáveis pelos títulos recentes do Athletico, o técnico Tiago Nunes, mas para ter a responsabilidade de substituir o jovem treinador, o clube paranaense optou pela experiência com Dorival Júnior.

Para reforçar o caixa e se consolidar de vez no cenário nacional, o clube tem exportado muitos atletas no cenário nacional, a exemplo do volante/meia Bruno Guimarães, que está no Lyon, e o lateral-esquerdo Renan Lodi, titular no badalado Atlético de Madrid.

As vendas serviram para reforçar o Athletico. O time aproveitou a receita, fruto das boas vendas e foi ao mercado para se consolidar ainda mais no futebol brasileiro, a exemplo do goleiro Jandrei, ex-Chapecoense, o zagueiro Pedro Henrique e o volante Richard, vindos do Corinthians, além dos atacantes Carlos Eduardo (ex-Palmeiras) e Geuvânio (ex-Santos).

Aliando boas vendas e contratações o Athletico parece pronto para fazer mais uma boa campanha e fazer bonito no Brasileirão, como vem sendo de rotina no campeonato nacional. Além disso vem motivado para a Série A após ter vencido, pela terceira vez consecutiva o Campeonato Paranaense contra o seu maior rival, o Coritiba por 2 a 1.

E a primeira missão do Furacão é contra o Fortaleza, no próximo sábado (8), no Castelão, às 19h, na capital cearense.

VAVEL Logo