Pivetti explica escalação surpresa e elogia postura do Vitória contra Ponte: "Muito aguerrida"
Foto: Pietro Carpi / EC Vitória

Após o empate em 3 a 3 diante Ponte Preta pela terceira rodada da Série B, no estádio Moisés Lucarelli, o técnico do Vitória, Bruno Pivetti concedeu uma entrevista à imprensa. Um dos principais assuntos abordados foi a escalação utilizada no início da partida, isso porque logo aos seis minutos, o time abriu o placar com Mateusinho.

"A pretensão é sempre o ataque. Infelizmente, tivemos a necessidade de substituir alguns jogadores em função do estado físico, alguns cansaram um pouco, e a gente resolveu imprimir mais força, principalmente devido à questão física. Acredito que as trocas surtiram efeito, nós elevamos o nível e terminamos em cima da Ponte Preta. Nós sabemos a dificuldade que é jogar aqui no Moisés Lucarelli, mas conseguimos fazer um belo jogo".

Além disso, Pivetti fez questão de exaltar o espírito de equipe que desde o início buscou o resultado. Obviamente o ritmo frenético não se manteve todo o tempo e aos poucos foi decaindo. Entretanto, o resultado acabou sendo satisfatório para o comandante diante o cenário geral.

"Nós sabíamos que tínhamos condições para vir aqui buscar os três pontos, mas, na circunstância do jogo, foi uma equipe muito aguerrida, demonstrou um espírito de quem quer chegar, de quem vai brigar pelas primeiras posições do campeonato. Dadas as circunstâncias, é um empate que deve ser comemorado. Mas nós sabíamos que tínhamos chances de vencer. Descuidamos defensivamente neste jogo, tomamos três gols. Mas depois tivemos boas chances de fazer o quarto gol. Agora é descansar e preparar para o próximo desafio", concluiu.

O próximo desafio do Leão será contra o Náutico na quarta-feira (19), às 21h30, no estádio do Barradão.

VAVEL Logo