Com direito a lei do ex, Ponte Preta vence Avaí na Ressacada e assume liderança da Série B
Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC

Destaque da Série B, o meia João Paulo foi decisivo mais uma vez para a Ponte Preta. Nesta sexta-feira (11), o camisa 10 garantiu, cobrando pênalti, a vitória da Macaca sobre seu ex-time, o Avaí. A vitória por 1 a 0 na Ressacada colocou o time campineiro provisoriamente na liderança da competição.

Mesmo com estratégias bem diferentes, as duas equipes tiveram número de chances bem parecidas. A Ponte Preta teve 72% de posse de bola, mas o número de finalizações foi igual: sete de cada, duas certas para ambos os times.

Apesar de uma posse de bola bem superior, a Ponte não exerceu grande pressão no Avaí. As chances da Macaca surgiram principalmente pela movimentação dos lados de campo, com João Paulo sendo peça importante para conexão com ataque. No time mandante, Jean Martim conseguiu alguns passes longos interessantes - apesar do vento forte em Floripa - e Arnaldo também foi bastante ativo pela direita.

Aos 23, Moisés recebeu na entrada da área com muito espaço, mandou no canto, mas Frigeri espalmou. Seis minutos depois, após tabela pela direita, João Paulo bateu fechado buscando Matheus Peixoto, que não alcançou e deixou a bola sair pela linha de fundo.

A resposta do Leão, que perdeu Betão machucado aos 27, veio aos 31. Arnaldo cruzou, a bola quicou dentro da área e Valdívia cabeceou livre na segunda trave, mas mandou por cima. No minuto seguinte, Pedro Castro recebeu dentro da área, bateu e cruzado e Alisson desviou para trás, por pouco não mandando contra o próprio gol.

Moisés teve mais uma boa oportunidade na reta final. Aos 38, o meia recebeu de Apodi dentro da área, limpou a marcação e bateu cruzado, à esquerda. Apesar de um jogo bem movimentado, a partida foi para o intervalo sem gols.

O panorama equilibrado do jogo se manteve, mas, um lance capital decidiu o jogo aos dez. Moisés antecipou Pedro Castro dentro da área, acabou sendo derrubado e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, João Paulo deslocou Frigeri e fez 1 a 0, marcando seu nono gol na temporada.

O técnico Geninho tentou alterar a dinâmica do Avaí, colocando Rildo e Adryan nas vagas de Valdívia e Ralf. O Leão até teve mais posse de bola na segunda etapa - 54% -, mas menos finalizações - cinco a sete. A Ponte de Brigatti escolheu ser mais reativa e, na sua estratégia, administrou bem a vantagem.

Aos 27, o Avaí teve sua melhor chance na etapa final. Após boa jogada pela esquerda, Leonan cruzou, Rildo desviou e Daniel Amorim chegou batendo de primeira, mas Ivan salvou. Três minutos depois, por pouco, a Ponte não ampliou. Osman avançou pela esquerda e cruzou para Luan Dias, que finalizou de bico, perto do gol.

O Avaí seguiu tentando evitar sua segunda derrota seguida e teve oportunidade na bola parada. Aos 42, Adryan bateu falta lateral, Rildo mergulhou para cabecear e mandou perto do gol. O Leão tentou, no desespero, o empate nos acréscimos, mas acabou perdendo pela terceira vez como mandante na Série B.

Classificação e próximos compromissos

Com um jogo a menos, o Avaí permanece na 11ª colocação, com nove pontos, enquanto a Ponte Preta sobe à liderança, com 17.

O Avaí volta a campo em jogo atrasado da terceira rodada na terça-feira (15) diante do Confiança, fora de casa, às 19h15. Já a Ponte joga na quarta-feira (16) pela quarta fase da Copa do Brasil contra o América-MG, em casa, às 19h. Pela Série B, a Macaca recebe o Operário no sábado (19), às 19h.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore
VAVEL Logo