Com gol nos acréscimos, Atlético-GO elimina Fluminense e avança às oitavas da Copa do Brasil 
Foto: Heber Gomes/Atlético-GO

A missão era complicada, mas nada impossível para o Atlético-GO. Na última quarta-feira (19), o time goiano foi derrotado por 1 a 0 pelo Fluminense, com gol contra marcado por João Victor, no Maracanã, em confronto válido pelo jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil.

Para o jogo de volta, que foi realizado nesta quinta-feira (24), no Estádio Olímpico, em Goiânia, o Dragão precisava vencer por dois gols de diferença. O time da casa reverteu a desvantagem e conquistou a vitória por 3 a 1, com gols marcados por Chico, Marlon Freitas e Matheus Vargas. Luccas Claro descontou para o Tricolor das Laranjeiras.

O jogo

A partida começou com o Atlético-GO no campo de ataque, e como consequência, o time da casa abriu o placar aos 10 minutos, em falha do goleiro Muriel, que não conseguiu segurar chute cruzado de Ferrareis e Chico aproveitou o rebote.

Apesar da superioridade na posse de bola, com 56%, o Fluminense tinha dificuldades na partida, enquanto o Dragão estava mais solto em campo e arriscou mais finalizações: nove (três no alvo) contra três do Tricolor (somente uma no alvo).

Mesmo sofrendo com a pressão adversária, o clube carioca conseguiu chegar ao gol de empate dos 50, antes da ida ao intervalo. Em cobrança de escanteio de Egídio, o zagueiro Luccas Claro subiu entre os defensores para cabecear às redes.

O jogo reiniciou com nível técnico abaixo do primeiro tempo, mas continuou com o Dragão na frente. A substituição feita por Odair Hellmann, que tirou Araújo para promover a entrada de Felippe Cardoso, não surtiu o efeito esperado e prejudicou o desempenho do Fluminense em campo.

O Atlético-GO, inclusive, aumentou o domínio da posse de bola: 61 contra 39% do oponente, além de nove finalizações (quatro no alvo), enquanto o Tricolor finalizou quatro vezes e nenhuma no alvo. Foram também 251 passes (222 certos) diante de 162 passes (124 certos) dos cariocas.

Aos 33, os goianos ampliaram em nova falha de Muriel, que espalmou a bola para o meio em chute de Janderson e Marlon Freitas não desperdiçou a oportunidade no rebote.

O jogo seria decidido nos pênaltis, mas Matheus Vargas, que entrou na vaga de Chico no decorrer do segundo tempo, decretou a vitória do Dragão aos 47, nos acréscimos, e a classificação para a próxima fase da Copa do Brasil.

Próximos compromissos

Concluída a quarta fase da Copa do Brasil, as equipes concentram novamente as atenções no Campeonato Brasileiro. O Atlético-GO irá receber o Botafogo no domingo (27), no Estádio Olímpico, às 18h15, enquanto o Fluminense volta a campo na segunda-feira (28), às 20h, para encarar o Coritiba no Nilton Santos.

VAVEL Logo