Autor do gol da vitória contra Delfín, Jean Mota reafirma desejo de permanecer no Santos
Foto: Ivan Storti/Santos FC

Autor do gol da vitória do Santos por 2 a 1 sobre o Delfín, na madrugada desta sexta-feira (25), pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores, o meia Jean Mota busca se reafirmar no Peixe.

No ano passado, Mota foi eleito o melhor jogador do Campeonato Paulista, mas o jogador perdeu espaço no decorrer da temporada e no início deste ano foi alvo de uma negociação frustada com o Fortaleza, ainda durante a paralisação do futebol por conta da pandemia de Covid-19.

No entanto, após a partida contra o Delfín, Jean Mota afirmou o seu desejo de permanecer no Santos até o fim do seu contrato.

"Sempre declarei que queria ficar. Tenho mais dois anos de contrato. Sempre há especulações, mas sou jogador do Santos e vou honrar a camisa. Se não contarem mais comigo, vou honrar meu caminho. Mas enquanto tiver contrato, vou honrar", afirmou.

O meia entrou aos 35 minutos do segundo tempo e, segundos depois, apareceu no segundo pau para aproveitar cruzamento de Raniel e desempatar.

"Sabíamos que seria difícil. Tínhamos que igualar na vontade. Tivemos chances, não matamos, mas não deixamos de nos doar. Ponto forte dessa equipe é a vontade e união de todos. Por isso conquistamos esses três pontos", disse Jean.

"Todos são importantes. Elenco forte, eu busco meu espaço em todos os jogos. É um gol que me dá confiança para prosseguir. Temos muitos jogos e terei outras oportunidades. Campeonato é longo, mais de uma competição", completou.

Jean Mota está no Peixe desde 2016 e seu vínculo vai até junho de 2022. No total são 174 partidas disputadas e 16 gols marcados. O primeiro gol de 2020 foi diante do Delfín.

O Santos volta a campo pelo Brasileirão já no domingo (27) diante do Fortaleza, às 20h30, em casa. Na quinta-feira (1º), o Peixe visita o Olimpia, às 19h, pela Libertadores. 

VAVEL Logo