Santos x Delfín-EQU: Vila Belmiro sem público na estreia do Peixe em casa na Libertadores
Foto: Ivan Storti/Divulgação/Santos FC

Pela Copa Libertadores da América, o Santos recebe nesta terça-feira (10) o Delfín do Equador, em jogo válido pela 2ª rodada do Grupo G. O jogo será disputado na Vila Belmiro, mas com portões fechados.

Isso por conta de uma punição que o Peixe sofreu após uma confusão no fim do jogo contra o Independiente, na Libertadores de 2018, após uma eliminação do Santos no Pacaembu.

A arbitragem para esse jogo será peruana! Kevin Ortega comandará o apito, sendo auxiliado pelos bandeirinhas Michael Orue e Jesus Sánchez. O jogo será transmitido pelo canal de TV Fechada Sportv e aqui na VAVEL Brasil, no ao vivo!

Para manter a liderança!

Com três pontos, o Santos é o líder do grupo G da Libertadores, tendo Delfín e Olímpia com um e Defensa y Justicia com nenhum ponto ganho. Jogando em casa, o Peixe quer aumentar a diferença para os outros times e só pensa na vitória.

Jesualdo, em entrevista à Conmebol, mostrou confiança na campanha do Santos na Libertadores: “Eu gostaria que o Santos fosse capaz (de ser campeão), e acho que tem capacidade para isso, de fazer uma boa Libertadores. E que fosse capaz de conquistar um título essa temporada. Um dia virá a ganhar outra vez, por isso tem que se preparar, sem pressa. No futebol tudo é possível. O que nós queremos é fazer uma Libertadores digna de acordo com a história do clube”.

O Santos ainda não pode contar com três jogadores para a partida. Marinho já até apareceu na academia do CT santista, mas ainda está fora de combate. Junto com ele, estão fora Uribe e Alison, ambos lesionados também.

O provável Peixe, com a dúvida entre Jobson e Evandro é: Éverson, Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres, Felipe Jonatan; Diego Pituca, Evandro (Jobson), Carlos Sánchez; Yuri Alberto, Soteldo e Sasha.

Buscando melhorar a fase

O Delfín está em sua terceira participação de Libertadores da América, sendo um clube com pouca tradição na competição. Além disso, os Cetáceos não mostram um bom futebol, estando em 14º no Campeonato Equatoriano, com apenas três pontos, apesar de terem apenas quatro rodadas jogadas.

Em seu twitter oficial, o Delfín cometeu uma pequena gafe. No vídeo com algumas imagens de como foi a viagem até o Brasil, o Delfín escreveu “O resumo da nossa viagem a terras cariocas”. Logo depois o clube se desculpou e corrigiu colocando “terras paulistas”.

Com destaque para Gárces, atacante da equipe, o Delfín deve ir com: Baroja, González, Cangá, Ale, Nazareno; Noboa, Calderón, Alaníz, Rojas, Cifuente; Garcés.

VAVEL Logo