Cruzeiro vence Operário-PR em jogo de muitas confusões
e se livra do risco de Z-4
Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

O Cruzeiro venceu o Operário-PR por 2 a 1 e, matematicamente, não corre mais nenhum risco de entrar no Z-4 da Série B do Campeonato Brasileiro. Os gols foram marcados por Rafael Sóbis, William Pottker, e Ricardo Bueno para os paranaenses. A partida, válida pela 36ª rodada, foi realizada em Belo Horizonte/MG, nessa quarta-feira (20).

Até o apito final do árbitro Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza, o Fantasma teve, pelo o menos, cinco expulsões entre jogadores e comissão técnica, por conta de reclamações. Alguns deles foram o técnico Matheus Costa, Jorge Jiménez (jogadore que ainda estava no banco) e Diego Cardoso (jogador). Outros nomes ainda devem ser confirmados após a homologação da súmula do juiz.

Primeiro tempo do Operário-PR

Os primeiros 30 minutos foram praticamente ditados pelo Operário-PR, que detinha maior posse de bola. As melhores chegadas foram de chutes perigosos de fora da área, em que o goleiro Fábio precisou fazer intervenções.

No entanto, num vacilo defensivo do Fantasma, o Cruzeiro conseguiu achar o primeiro gol, aos 31 minutos. Quase que próximo da defesa, Manoel conseguiu se antecipar e fazer um lançamento de cabeça para o ataque. No lance, Ricardo Silva subiu antes, não achou nada e a bola sobrou para o experiente Rafael Sóbis encobrir o goleiro.

O gol sofrido abalou o emocional dos jogadores do Operário-PR, que perderam o controle do jogo. O tento deu confiança aos jogadores do Raposa, que antes só assistiam o adversário jogar.

Segundo tempo quente, mas equilibrado

A etapa final ganhou equilíbrio, fortes emoções e chance de ambos os lados. No primeiro minuto, quase que William Pottker aumentou a vantagem. Mas foi os visitantes que chegaram ao gol de empate, aos nove minutos. Num chute de fora da área de Ricardo Bueno, a bola parecia que não tinha endereço, mas um desvio de cabeça de Manoel acabou mandando a redonda no canto do goleiro Fábio.

Três minutos depois, ocorreu o lance em que gerou a principal discussão da partida. Pedro Ken, de cabeça, marcou para o Operário-PR, mas o juiz anulou o gol. Segundo o árbitro, o meia do alvinegro fez falta em Machado antes de finalizar. O lance gerou muita reclamação, onde os jogadores alegaram que teriam sido contato normal de jogo.

A situação colocou pilha no jogo e tivemos lances de perigo dos dois lados. Porém William Pottker marcou aos 30 minutos o gol da vitória do Cruzeiro. Detalhe para mais uma assistência de Manoel.

Situação e agenda

O Cruzeiro agora já pode pensar tranquilamente na temporada 2021. O clube subiu para a 13ª posição, com 47 pontos, e não corre mais riscos de poder entrar na zona de rebaixamento. A Raposa volta a jogar no domingo (24), com o Náutico, em Belo Horizonte/MG.

Já o Operário-PR praticamente não tem mais chances de sonhar com um acesso à Série A. A equipe caiu para a 9ª colocação, com 51 pontos. Na penúltima rodada, o adversário vai ser a Chapecoense, em Ponta Grossa/PR, na segunda-feira (25).

VAVEL Logo