Marcelo Cabo reconhece dificuldades contra Caldense, mas destaca classificação
(Foto: Rafael Ribeiro/ Vasco da Gama)

Nessa quinta-feira (18), o Vasco foi até Poços de Caldas (MG), enfrentar a Caldense, pela primeira fase da Copa do Brasil 2021. Com a vantagem, a equipe cruz-maltina empatou em 1 a 1 e garantiu a vaga para voltar até solo mineiro na próxima fase, quando encarará o Tombense. 

Após a partida, o técnico Marcelo Cabo celebrou a classificação, elogiou os seus comandados na primeira etapa, mas apontou o gramado do estádio Ronaldão como um dos fatores para a queda da equipe após o intervalo, além de destacar a dificuldade que a Veterana impôs à equipe:

"Fizemos um bom primeiro tempo, conseguimos até colocar um pouco da nossa ideia do jogo, porém, a grande dificuldade foi o piso do gramado. Isso dificultou a característica da nossa equipe, o jogo apoiado e que bota a bola no chão. Ficou um jogo muito competitivo, muito corporal, de segunda bola. Minha equipe não era um time de imposição física, essa foi a principal dificuldade. Pegamos uma equipe invicta. Sabíamos que íamos pegar uma equipe que criaria muita dificuldade, talvez o mais difícil, mas o mais importante era a classificação. Tivemos bom momento técnico, de boa competitividade. O jogo ficou muito de segunda bola, muito aéreo, e isso nos prejudicou um pouco".

A partida marcou a estreia de três jogadores: Léo Matos e Germán Cano e Leandro Castán, que entraram no segundo tempo. Segundo o treinador, a opção por deixar os dois primeiros no banco desde o começo foi por orientação do departamento médico, e destacou também o profissionalismo do zagueiro e capitão da equipe: 

"Tanto o Léo quanto o Cano tinham um tempo para poder atuar, me entregue pelo departamento físico e fisiológico. Léo fez quatro sessões de treinamentos, Cano só poderia jogar 15 ou 20 minutos. Precisávamos dar ritmo. O Cano mal saiu da transição e se colocou à disposição. O Léo saiu da Covid e se colocou à disposição. Castan precisava de um período maior e se colocou à disposição. Preciso ressaltar esses três profissionais, que, mesmo sem as condições, se entregaram. Estamos formando um grupo comprometido com o Vasco nessa temporada. Eles não estavam na melhor condição".

O Vasco voltará a campo no domingo (21) às 18h, quando enfrentará o Botafogo, em São Januário, pela 4ª rodada do Campeonato Carioca. Ainda sem vencer no estadual, o Cruz-Maltino precisa da vitória para não se complicar no torneio.

VAVEL Logo