Auxiliar Maurício elogia atuação do Flamengo e revela que Rodinei foi pedido de Ceni
Foto: Alexandre Vidal/ Flamengo

O técnico interino do Flamengo, Maurício Souza, que comandou a equipe na noite desta quinta-feira, na vitória por 1 a 0 sobre o Coritiba, elogiou a vitória da equipe e amenizou os desfalques de alguns titulares.

"A gente fez um grande primeiro tempo, conseguimos a vantagem. Teve um segundo gol, que foi legal. O Coritiba fez trocas, adiantou as linhas após o intervalo e tivemos um pouco mais de dificuldade, mas mesmo assim controlamos o jogo. Não acho que foram os desfalques que fizeram a gente diminuir a intensidade, mostramos que temos elenco”, disse.

Sobre a ausência de Gabigol, que deveria se apresentar ao treinador em Curitiba, Maurício Souza desconversou:

“Nós fomos comunicados que ele não viria. Esse caso está entregue ao departamento de futebol. Eles vão resolver da melhor forma.”

Sobre a entrada de Rodinei, Mauricinho disse que o atleta foi um pedido de Rogério Ceni:

“O Matheuzinho foi muito bem, mas tomou um cartão e nós preferimos segurar. O Rodinei foi um pedido do nosso professor, que também queria ver  atleta novamente em campo pelo Flamengo.”

Sobre a montagem do elenco para o jogo sem Rogério Ceni, o auxiliar disse que manteve contato com o treinador o tempo inteiro:

"Mantive contato com o Rogério por telefone o tempo todo. Ele, graças a Deus, passa bem. Ele teve bastante tempo para ajeitar a equipe. Talvez isso tenha se retratado no primeiro tempo que a gente fez. Vamos continuar nesse contato para o próximo jogo, caso ele ainda não tenha condições de estar conosco”, finalizou.

O Flamengo volta a campo no próximo domingo, às 16h, contra o América-MG no Maracanã, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo de volta contra o Coritiba, também no Maracanã, está marcado para a próxima quarta-feira, às 21h30.

VAVEL Logo