Santos empata com Independiente e segue às quartas de final da Sul-Americana
Foto: Ivan Storti / Santos FC

Na noite desta quinta (22), Independiente e Santos empataram em 1 a 1 pela Copa Sul-Americana. Com o resultado na Argentina, o Peixe garantiu vaga às quartas da competição.

O time da Vila entrou em campo com novidades. O Santos ganhou a vaga de Gabriel Pirani, e Madson entrou no lugar de Pará. Quem também retornou ao time foi o lateral Felipe Jonatan. Ele havia sofrido uma lesão na coxa e perdido a posição para Moraes, que acabou se machucando no último fim de semana.

Jogo de equilíbrio

Bastou um minuto de jogo para a equipe santista testar o goleiro adversário. Jean Mota aproveitou espaço na entrada da área e arriscou o chute, mas Sebastián Sosa caiu para defender sem dar rebote. Os comandados de Fernando Diniz trabalhavam bem a bola e nos primeiros minutos ditaram o ritmo do jogo.

O Independiente, que necessitava da vitória para conseguir a classificação, não se arriscava muito. Com um meio campo de pouca qualidade técnica, a equipe argentina optou pelo jogo de contra-ataque, mais precavido. 

Mas, aos 17, tiveram uma grande chance de abrir o marcador. Após cruzamento de Bustos, a finalização de Velasco quase na pequena área parou em grande defesa de João Paulo, no mais puro reflexo. O técnico do Peixe, Fernando Diniz, reclamava bastante à beira do campo.

Crescendo na partida, o Independiente criou mais duas boas chances com o meia Palacios. Na primeira, após pegar rebote e arriscar uma finalização forte, por cima do gol do Peixe. A segunda recebendo livre na área, mas acertando o chute em cima de João Paulo.

Até que, justo quando era pressionado, o Santos abriu o placar. Sánchez fez lançamento para Kaio Jorge, o defensor Insaurralde errou ao tentar afastar, e o atacante não desperdiçou o vacilo adversário, concluindo para o fundo das redes e abrindo o marcador. Nesse momento, a equipe paulista tinha 2 a 0 a seu favor no placar agregado. E assim se encerrou a primeira etapa.

  • Ritmo frenético

Precisando reverter a desvantagem, o técnico Julio Falcioni promoveu duas alterações na equipe argentina para segunda etapa, saíram Blanco e Roa para as entradas de Herrera e Lucas González. 

E logo no primeiro minuto o goleiro João Paulo fez duas grandes defesas, primeiramente em chute de Lucas Romero de fora da área. E, na sequência, finalização de Silvio Romero, mas o lance foi parado por impedimento.

O ritmo frenético tomou conta do jogo. Aos 5, Silvio Romero perdeu grande chance chutando em cima do arqueiro santista. No minuto seguinte Marcos Guilherme recebeu na área e tentou finalização cruzada, mas a bola saiu à esquerda de Sosa.

A noite realmente era de João Paulo. Em jogada rápida do time argentino, Bustos entrou na área e encheu o pé em chute cruzado. O Camisa 34 fez mais uma grande defesa, dessa vez com a perna. 

Pouco depois um lance capital na partida. Insaurralde cometeu falta em Marinho na entrada da área e recebeu cartão amarelo. Porém, antes da cobrança, a equipe do VAR entrou em contato com o árbitro, que realizando a consulta do vídeo reverteu o cartão para vermelho.

Mesmo com um homem a menos a equipe de Avellaneda não desistiu da partida. Após um bate e rebate na área Lucas González encheu o pé para empatar o jogo na Argentina. O time ainda teve a expulsão de mais um jogador, o zagueiro Barreto. E o placar ficou por aí, 1 a 1 entre Santos e Independiente, com a classificação dos brasileiros.

Próxima fase

Com o resultado o Santos chega às quartas de final da Copa Sul-Americana e agora encara o Libertad. Os paraguaios vem de classificação em cima do Junior Barranquilla.

VAVEL Logo