Vila Nova quebra sequência ruim, bate Avaí e deixa Z-4 da Série B
Foto: Heber Gomes/Agif

Vila Nova superou o momento conturbado que vive e bateu o Avaí por 1 a 0 na 21ª rodada da Série B 2021, nesta quarta-feira (25), no estádio OBA, em Goiânia. Arthur Rezende, no início da segunda etapa, garantiu os três pontos para o Tigre, que vinha de cinco jogos sem vencer. Esta foi a primeira vez na competição que o Leão da Ilha perdeu duas partidas consecutivas.

Domínio colorado

Com os jogadores precisando provar seu valor após a demissão conturbada de Hemerson Maria, o Vila Nova fez um ótimo primeiro tempo. O Colorado terminou a etapa inicial com mais que o triplo de finalizações - 13 a quatro - e esteve perto de sair na frente.

Comandado pelo auxiliar Higo Magalhães, o Vila limitou as opções para o Avaí trocar passes atrás, diminuindo os espaços de Bruno Silva, e pressionou desde o início. Aos 7, Alesson recebeu ótimo lançamento de Kelvin por elevação, se esticou e tentou encobrir Gledson, que salvou. O goleiro avaiano voltou a trabalhar no minuto seguinte, em chute de Arthur Rezende de fora da área. O camisa 8, inclusive, arriscou vários chutes de longa distância, dando trabalho para o Leão.

A melhor chance avaiana na etapa inicial veio aos 9. Após saída errada do Vila, Renato recebeu de Serrato e arriscou chute cruzado da entrada da área, mandando perto da trave. O Avaí teve um momento de mais controle do jogo após essa oportunidade, mas isso durou pouco, e o Vila Nova voltou a criar chances em sequência.

Claudinei Oliveira tentou aumentar a qualidade de saída de bola recuando Serrato para alinhar com Bruno Silva, mas isso pouco adiantou. Gledson continuou trabalhando bastante, salvando finalizações de Kelvin e Alesson, além do Vila Nova continuar com espaço na entrada da área para finalizar.

Já aos 45, o Avaí quase saiu na frente com um frango de Georgemy em chute de Lourenço da entrada da área, porém o goleiro do Tigre se salvou. Nos acréscimos, o juiz chegou a dar um vermelho direto para Getúlio, do Leão, por uma confusão e leve cabeçada em Dudu, mas o VAR chamou e a expulsão foi revertida em amarelo para os dois 'brigões'. O primeiro tempo, que teve somente 12 faltas, terminou quente após esse lance.

Vila transforma volume em vitória

O Avaí voltou para a segunda etapa com Valdívia na vaga de Serrato, mas os problemas do time não foram consertados. O Vila Nova continuou com uma facilidade enorme de chegar na cara do gol de Gledson e aproveitou finalmente uma chance aos 8. Após cruzamento de Kelvin, Alesson não conseguiu finalizar, mas cruzou para trás e Arthur Rezende bateu de primeira para abrir o placar.

Por muito pouco, o segundo do Colorado não saiu três minutos depois. Kelvin recebeu de Arthur Rezende, driblou o goleiro e tocou rasteiro, mas João Lucas deu o carrinho e salvou. O Avaí só foi assustar aos 13, em chute de longe de Valdívia, que parou em Georgemy. Três minutos depois, Collaço cruzou da esquerda e Clayton subiu livre, porém cabeceou à esquerda do gol.

Depois dessa sequência de chances, o Vila Nova passou a administrar o resultado. Claudinei Oliveira tentou novas alternativas para aumentar o volume ofensivo do Avaí, mas, com poucas opções de ataque no banco, fez mais quatro mudanças que não surtiram grande efeito. No fim, o Leão tentou um abafa desenfreado e pouco articulado e saiu derrotado de Goiânia.

Classificação e próximos compromissos

A vitória em casa leva o Vila Nova para os 22 pontos, neste momento em 16º lugar, mandando o Londrina para o Z-4. Já o Avaí cai para o quinto lugar, com 33, ultrapassado pelo Guarani no número de gols marcados. O Leão ainda pode perder mais três posições até o fim da rodada  - para Náutico, Botafogo e Sampaio Corrêa.

Os times terão praticamente dez dias para se preparar para a próxima rodada e só voltam a campo no dia 3 de setembro. O Vila Nova enfrenta o CSA, em Alagoas, às 21h30, enquanto o Avaí faz duelo catarinense diante do Brusque, também fora de casa, às 19h.

VAVEL Logo