Fluminense explica ida antecipada de Kaiky para Manchester City
Foto: Lucas Merçon / Fluminense FC

Negociado desde abril de 2021 com o Manchester City, Kayky não atuará mais pelo Fluminense. A rescisão, em comum acordo, foi anunciada pelo próprio clube em comunicado enviado à imprensa na tarde desta quinta-feira (26). 

De acordo com a nota, a saída do atleta do Tricolor foi antecipada em pouco mais de três meses para que a aclimatação do atacante seja realizada de maneira mais rápida. O comunicado também informa que as tratativas aconteceram graças à "ótima relação" entre o Flu e o Manchester City.

A rescisão, inclusive, já foi oficializada no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Negociado juntamente com Metinho, a transferência dos dois atletas teve custo de 15 milhões de euros - atualmente cerca de R$ 92,5 milhões, o que coloca a negociação como a maior da história do clube por conta da alta cotação da moeda comum europeia. O volante, entretanto, deixou o clube em junho para ser emprestado ao Troyes, do Campeonato Francês. 

Pelo Fluminense, Kayky fez 37 jogos, anotando quatro gols e quatro assistências. Juntamente com Metinho, ele estava presente na equipe Sub-17 do clube que conquistou o Campeonato Brasileiro 2020 da categoria. A última peleja do atleta com a camisa tricolor aconteceu na última quinta-feira (19), no empate em 1 a 1 com o Barcelona, em Guayaquil, que decretou a eliminação do clube nas quartas de final da Copa Libertadores da América 2021. 

Confira o comunicado do Fluminense a respeito de Kayky

"INFORMAÇÃO: Em virtude da ótima relação entre o Fluminense e o Manchester City, o atacante Kayky teve a rescisão de seu contrato antecipada para o início do desenvolvimento do atleta na Inglaterra. Como o Tricolor mantém percentual sobre venda futura do jogador e direitos a bônus a serem alcançados pelo atleta quando estiver clube inglês, as duas partes optaram em antecipar em três meses a ida de Kayky".

VAVEL Logo