Após
confusão, Enderson celebra participação da torcida em
vitória do Botafogo sobre CRB
Foto: Transmissão/Botafogo TV

O Botafogo derrotou o CRB pelo placar de 2 a 0 nesta sexta-feira (8), pela 29ª rodada da Série B do Brasileirão 2021, em confronto direto dentro do G-4. Com os três pontos conquistados após duas rodadas sem vencer (empate com o Vitória e derrota de virada para o Avaí), o time de General Severiano retomou a vice-liderança do campeonato, ficando a três pontos do líder Coritiba (que ainda joga). Marco Antônio e Carlinhos marcaram no Nilton Santos, ambos nos minutos finais dos dois tempos.

Enderson Moreira, técnico do Glorioso, enalteceu o comportamento da torcida presente no estádio, na partida seguinte à em que o comandante discutiu em campo com torcedores na arquibancada, cobrando mais apoio e menos críticas durante os 90 minutos. Em maior número e cantando do início ao fim, os alvinegros foram essenciais nesta noite, segundo o treinador.

“Eu acho que o torcedor hoje foi fundamental, porque a gente enfrentava um adversário também muito difícil, assim como a equipe do Avaí. Um adversário que nos trouxe dificuldades também. Mas eles incentivaram o tempo todo, fizeram com que os atletas fossem ganhando cada vez mais confiança, mesmo em momentos de erro, de algum lance que a gente não tenha feito corretamente, eles sempre mostraram muito carinho, muita confiança. Então, isso foi determinante para que a gente pudesse hoje ter a tranquilidade de buscar o resultado contra uma grande equipe em confronto direto, que é a melhor visitante da competição, que mais conquistou pontos fora de casa. Então, eu queria fazer um agradecimento muito especial a todo torcedor que esteve aqui, o torcedor que de alguma forma mandou energias positivas”.

O técnico afirmou que não é contra as críticas vindas dos torcedores, mas enfatizou a importância do apoio para que o objetivo do clube no campeonato seja alcançado daqui a poucas rodadas.

“A gente não quer que o torcedor deixe de criticar, de se manifestar, de maneira alguma, não há da minha parte nenhum tipo de problema quanto a isso. O que a gente quer neste momento é poder estar junto, porque falta muito pouco para que a gente possa terminar essa jornada, e o nosso torcedor é a essência da razão de o clube existir. Nem sempre as coisas saem da maneira que a gente imagina, às vezes por culpa nossa, às vezes não é por culpa nossa, às vezes é um dia ruim mesmo, todo o mundo tem. Os atletas se sentiram abraçados, foi uma comemoração muito bacana, e o fato de agradecer é um reconhecimento de como eles foram importantes nesse momento tão decisivo da competição”, repetiu.

Elogios ao time

Enderson aprovou a atuação de seus jogadores na vitória e ainda garantiu estar próximo do que considera a performance ideal.  

“Eu até acho que, antes de sair o gol, a gente estava bem-posicionado, ciando boas situações, claro que com alguns erros técnicos que fazem parte, o adversário também tem a sua organização, imposição. Mas eu acho que a gente já fez um jogo muito próximo daquilo que achamos ser o ideal para a equipe, de forma organizada, sem pressa, valorizando bem a posse de bola, criando situações, alternando bolas longas com jogo por dentro, jogo curto... Acho que a gente soube jogar com a superioridade numérica, teve paciência, não fomos uma equipe que jogou para poder segurar o resultado, a gente continuou buscando o gol, tentando criar espaço na equipe do CRB, e acho que foi merecido. Agora é recuperar, descansar e preparar para a próxima partida”, pontuou.

O treinador garantiu que tenta passar equilíbrio para os atletas, independente dos resultados. Já projetando o próximo confronto, contra o Cruzeiro, Enderson disse esperar um duelo difícil e um adversário de qualidade e peso.

“O que eu tento passar para os atletas é um ambiente bom, saudável, de não entusiasmar demais nas vitórias, de não também ficar remoendo demais as derrotas. A gente carrega o peso de cada um da maneira que tem que carregar, então é importante a gente já se preparar para a próxima partida. Estamos felizes, comemoramos, mas amanhã a gente já trabalha visando o jogo contra o Cruzeiro, que é um clássico, muito difícil. A gente sabe da qualidade do outro lado, do treinador Vanderlei, de toda a equipe. A previsão é de um jogo bem disputado. Tomara que a gente possa fazer um grande jogo lá”.

"Feliz pela vitória e pelo gol"

Autor do segundo gol, que sacramentou a vitória alvinegra, Carlinhos fez questão de valorizar não apenas seu feito, mas principalmente o resultado final. Porém pediu “pés no chão” para a sequência da competição.

“Não só o gol (foi importante), mas acho que a partida. Uma partida que a gente sabia que ia ser muito difícil, de seis pontos. Fico feliz pela vitória, feliz pelo gol. Agora é manter os pés no chão porque esse campeonato é muito difícil”, pediu.

O lateral-esquerdo também elogiou a torcida, que tanto criticou a atuação da equipe no jogo anterior. “Acho que o nosso torcedor é isso, né? O nosso torcedor hoje está de parabéns, lutou com a gente até o final, e é isso que a gente espera deles”.

O próximo compromisso do Glorioso é gora de casa no clássico nacional contra o Cruzeiro na terça-feira (12) às 21h30.

VAVEL Logo