Vila Nova e Novorizontino ficam no empate em Goiânia pela Série B
Foto: Heber Gomes/CBF/AGIF

Nesta terça-feira (12), Vila Nova e Novorizontino empataram sem gols no OBA, em Goiânia, pela segunda rodada da Série B 2022. Por um lado, partida muito fraca do Vila, mas por outro, ótima estreia do Tigre do Vale, que fez sua primeira partida na história da competição.

Início morno e sem brilho

O jogo começou bem truncado e sendo necessárias algumas intervenções da arbitragem, devido ao gramado molhado e as entradas com excesso de vontade. No mais, foram 20 minutos de jogo morno, muitos erros de passes dos dois lados e falta de qualidade nas criações.

O Novorizontino buscou o ataque com os flancos, mais pela ponta direita com Lucas Tocantins, que intermediava a ligação com o estreante Quirino. Porém, nos duelos disputados, melhor para o Vila, que conseguiu inibir as investidas sem sustos.

O Vila Nova começou mais forte nos primeiros minutos, buscando os ataques por dentro da defesa adversária e se doando — às vezes até em excesso — em cada disputa. No entanto, as transições ofensivas eram lentas, com muitos erros de passe e insistiam bastante nas jogadas pelo centro, sem explorar os flancos. Com isso, acabavam esbarrando na muralha do Novorizontino, que impediu eficientemente os avanços colorados.

O jogo de fato começou a ser jogado quando o relógio bateu 30 minutos. O Colorado passou a aparecer mais vezes no ataque e teve duas boas oportunidades, uma delas acabou parando no travessão, pelos pés de Pablo.

O Novorizontino, por sua vez, tentava responder à altura, mas pecava no último terço. A melhor chance aconteceu pela ponta direita, após ótima jogada de Lepo dentro da área, mas acabou com a defesa adversária e foi com o empate, que as equipes desceram para o vestiário.

Vila para na trave

A etapa final começou da mesma maneira que o primeiro tempo. Muita vontade, pouca qualidade e um caminhão de passes errados. Apesar disto, Matheuzinho quase levou perigo logo nos primeiros minutos, mas acabou deixando a bola escapar. Alguns minutos depois, o Novorizontino teve a oportunidade de abrir o marcador, mas o atacante não alcançou a bola, que ficou nas mãos do goleiro.

Depois de uma ótima jogada construída pelo lado esquerdo, Pablo cruzou para dentro da pequena área e no corte do goleiro, a bola rebateu no zagueiro. Como o lance foi rápido, o árbitro assinalou penalidade máxima. No entanto, após checagem do VAR, que poderia ter sido mais rápido, pela nitidez do lance na câmera, a penalidade foi corretamente anulada, bola no ombro.

Com a anulação da penalidade, o Vila ficou mais nervoso e ansioso para buscar o resultado, imprimindo um volume de jogo ainda não visto na partida e agredindo mais o goleiro do Novorizontino. Porém, as chegadas que poderiam se tornar ainda mais perigosas, foram comuns, pela falta de capricho nas conclusões. Rafael Donato teve uma chance de ouro, inclusive, mas furou de frente para o gol.

Chegando na reta final, os treinadores mexeram bastante nas equipes, tentando renovar o gás do ataque para quem sabe, achar um gol nos minutos finais e conquistar os três pontos valiosos na competição. E quase deu certo. Jean Silva, que havia começado a ser vaiado por erros de domínio de passe, fez ótima jogada pela ponta esquerda e mandou um foguete do meio da rua, mas a bola explodiu no travessão depois do toque crucial de Giovanni.

Classificação e próximos compromissos

Com o empate, ambas as equipes somaram um pontinho na tabela. No momento, o Vila Nova ocupa a quinta posição com dois pontos, enquanto o Novorizontino é o 11º, com seu primeiro ponto conquistado.

O Vila Nova volta a campo no sábado (23), contra o Ituano no Novelli Júnior, às 19h em Itu. O Novorizontino volta a campo na quinta-feira (21), contra o Londrina no Estádio do Café, às 21h30.

VAVEL Logo