Eduardo Baptista lamenta chances perdidas pelo Juventude na derrota contra Cuiabá
Foto: Fernando Alves/Juventude

Após a derrota no último domingo (24) para o Cuiabá, por 1 a 0, com gol de Elton, Eduardo Baptista, técnico do Juventude, deu entrevista coletiva no Alfredo Jaconi e comentou sobre a atuação da equipe, sobre o pênalti perdido e sobre a atuação do VAR na partida, que acabou custando os três pontos no Brasileirão.

Primeiro Eduardo comentou sobre as chances perdidas de sua equipe e sobre a falta de efetividade: “Nós conseguimos criar chances, mas com pênalti e expulsão ficou tudo ruim. Temos que trabalhar e repetir. Estamos mais perto de vencer do que perder. Ajustes tem que ser feitos, pois a bola parada (na defesa) era uma preocupação, estancamos, treinamos e então corrigimos. Precisamos ser mais efetivos pois na Série A, você ter um primeiro tempo com quatro chances reais de gol dentro da pequena área tem que matar e se não mata tem adversários qualificados”.

Após isso o técnico do alviverde comentou sobre o VAR, que teve mais uma atuação polêmica, mas sem colocar a culpa da derrota na arbitragem: “Tenho um pensamento sobre o VAR: hoje ele é subjetivo e não era pra ser. Interfere muito no jogo, o que não é normal. O problema está aí e com o tempo talvez se adeque e deixe de ser subjetivo. Mas nosso problema não é no VAR e sim dentro de campo, em ser mais efetivos”.

Por fim Baptista falou sobre manter o nível alto no campo para criar chances e sobre o efeito do pênalti perdido na equipe: “Existe uma palavra chamada resiliência. Não é o quanto você cai e sim o quanto levanta. De novo tivemos um primeiro tempo bom, com oportunidades por dentro e pelo lado. Na volta do intervalo ajustamos e voltamos a criar até o pênalti (perdido por Pitta). Então esse desperdício desanimou para a sequência do jogo”.

Com a derrota o Juventude ficou na 19ª posição, com um ponto, empatado com o Goiás, um abaixo do Atlético-GO e um acima do Fortaleza. O Juve volta a campo no domingo (01), às 11h, quando visita o Botafogo, pela quarta rodada do Brasileirão.

VAVEL Logo