Após derrota do CSA, Mozart dispara: ''Falar que está tudo certo seria totalmente equivocado''
Foto: Divulgação/CSA

Não deu pro Azulão, O CSA está fora da Copa do Brasil 2022. Na noite desta terça-feira (10), o time alagoano entrou em campo em busca de um milagre contra o América-MG, que já havia vencido o duelo de ida da 3ª fase por 3 a 0, em Maceió. Jogando no Estádio da Independência, em Belo Horizonte, a equipe comanda por Mozart foi dominado e saiu derrotado por 2 a 0 (5-0 no agregado), com gols de Índio Ramirez e Rodriguinho.

Após o duelo, o técnico Mozart, em coletiva, fez uma análise e se mostrou um pouco incomodado e irritado com a repercussão da derrota do Azulão: ''Eu particularmente não gosto de falar sobre a parte técnica e individual dos jogadores, depois de uma derrota não é ético da minha parte, eu prefiro falar no coletivo, e é isso nós precisamos melhorar, chegar aqui depois de um 2-0 e falar que tá tudo certo, seria totalmente equivocado e leviano da minha parte."

O mesmo também reconheceu que precisam reagir, que fizeram o possível, mas não deu. Questionado sobre o desgaste de Gabriel e se o mesmo pretendia o poupar por mais alguns minutos, Mozart se mostrou irritado: ''Vocês precisam se decidir né? Quando eu poupo um jogador, sou criticado porque poupo, quando não poupo, sou criticado pelo desgaste, Então ele precisa sair de cima do muro né? Ou eu poupo, ou não poupo, e daí seu eu quiser poupar eu poupo, quando acho necessário."

O CSA mostrou que podíamos sonhar, dava indícios que iam fazer história, mas os erros acabaram com as chances. O time alagoano volta a campo no próximo sábado (14), diante do Operário, às 20h30, no estádio Rei Pelé, em Alagoas, válido pela 7º rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

VAVEL Logo