Vojvoda comemora vitória e volume de chances do Fortaleza sobre Alianza Lima
Divulgação / Fortaleza E.C

O Fortaleza bateu o Alianza Lima por 2 a 0 e fica vivo na Copa Libertadores de 2022. Com uma atuação segura, o Tricolor de Aço abriu o marcador no primeiro tempo com o Moisés, no segundo tempo segurou a pressão dos peruanos e na reta final contou com a estrela de Yago Pikachu para assegurar uma vitória vital para as pretensões na competição e conseguindo no mínimo uma vaga na Sul-Americana.

Após a partida o treinador Juan Pablo Vojvoda concedeu entrevista na sala de imprensa. Ele exaltou a vitória leonina e disse que poderia ter sido por um placar mais elástico. Mesmo assim o argentino ressaltou as dificuldades no campo adversário, já que os peruanos também estavam  lutando por uma vaga na Sula. 

"Creio que o Fortaleza criou situações claras para conseguir um ou dois gols mais. Mas temos que ser realistas que ganhar de 2 a 0 num campo como esse, com um adversário que estava buscando classificação na Sul-Americana, é um resultado importante para nós”, comemorou o técnico.

Sobre a partida o comandante tricolor analisou a atuação de sua equipe. Segundo Vojvoda, os donos da casa propôs mais o jogo e que o time Tricolor soube controlar a pressão com mais posse de bola, pois isso foi muito importante para conquistar o triunfo e então foi só aproveitar os espaços dado pelo Alianza para criar situações de gols.

Fora de casa, a equipe local vai propor um pouco mais um jogo de posição, e a equipe visitante se ocupa dos espaços. E creio que no primeiro tempo o Fortaleza teve boa posse de bola, criou situações e fez o gol merecido. E a partir daí os espaços eram outros e a posição passou a ser do rival. E nós com espaços que muitas vezes não temos. Neste caso, fora de casa, esses espaços apareceram e houve um funcionamento diferente do que estamos acostumados quando temos que jogar com pouco espaço”, constatou o argentino. 

O técnico ainda explicou como conseguiu trabalhar o grupo em um tempo muito curto, já que só tiveram dois dias para treinar. Segundo ele a estrutura do time, o convencimento em sua equipe e a experiência ao longo da competição foram fatores importantíssimos para ter conquistado o resultado positivo.

Estamos jogando a cada três dias. Mas temos um ano de trabalho e uma estrutura que sustenta esse funcionamento. Então, nessa partida em particular, como foi a estratégia para trabalhar em dois dias? É convencimento, o trabalho passado e todo este ano para poder voltar a uma partida como esta. Não temos tempo para trabalhar em campo, mas toda experiência nos serve para esse tipo de partida, para poder implementar. Essa é a ideia que nós temos de funcionamento”, concluiu Vojvoda.

  • O que vem por aí 

Agora o Fortaleza volta as atenções para o Campeonato Brasileiro onde enfrenta o Fluminense, no Castelão, no próximo domingo (22). Já na quarta-feira (25), o Leão joga a vida na Libertadores em confronto direto pela vaga nas oitavas contra o Colo-Colo, em Santiago, no Chile.

VAVEL Logo