EXCLUSIVO: Daniel Paulista revela escolha pelo CRB e comenta ambiente e metas do clube
Foto: Frascisco Cedrim/ASCOM

O CRB vive um dos melhores momentos do ano e isso depois da chegada do técnico Daniel Paulista. A equipe alagoana era o lanterna do Campeonato Brasileiro da Série B com quatro pontos atrás do primeiro time fora da zona do rebaixamento e hoje ocupa posição na metade da classificação geral da segunda divisão.

Com a chegada do treinador, o time alvirrubro de Alagoas emendou quatro vitórias em sete partidas, além de dois empates e apenas uma derrota, para o líder da competição, o Cruzeiro por 2 a 0 e fora de casa. A campanha fez o time sair da lanterna, escalar a classificação e pular para 9º colocação com 18 pontos, com um jogo a menos que os demais times da competição.

Em entrevista exclusiva com apoio da Tuddo Comunicação, assessoria do treinador, Daniel Paulista falou sobre alguns pontos importantes, passando pela escolha ao clube, ambiente e metas para 2022.

  • O que te levou a aceitar a proposta do CRB, até então, lanterna da Série B?

''O clube. Acho que é uma equipe que conhecemos bem. Já trabalhei muitos anos no Nordeste e sei do crescimento do CRB como instituição, como equipe e como estrutura. Então é um clube que hoje tem essas condições para o desenvolvimento do trabalho e no nosso entendimento tem um elenco com boas peças e qualidade para uma Série B competitiva, justas e com suas tradições.''

  • Como estava a situação emocional dos jogadores quando você chegou?

''Uma equipe que tem um centro de treinamento como o CRB, totalmente equipado com qualidade de trabalho, uma cidade excelente para morar, tem uma torcida apaixonada... Então são atributos importantes para uma equipe e vejo que a nossa decisão no momento, foi arriscada, porque o CRB era o lanterna com quatro pontos de diferença para sair da zona do rebaixamento, então era uma diferença considerável e um momento muito complicado, porque o emocional dos atletas estava abalado. E não só dos atletas, mas todo o entorno do CRB. A torcida estava muito chateada, com muitas cobranças e com muito peso em cima do momento da equipe, mas que desde a nossa chegada, nós conseguimos mudar essa atmosfera, o trabalho e estamos muito satisfeitos com o que nós estamos construindo até o momento. Uma recuperação excelente, com números expressivos que nos fazer hoje já estarmos na primeira parte da tabela mesmo com menos de 40 dias de trabalho à frente da equipe, mas que nós temos a consciência que não está sendo fácil, não vai ser fácil a continuidade desse trabalho com muita organização e com muito empenho dos atletas como está existindo desde o primeiro dia que estamos aqui.''

  • Qual a expectativa para o restante da competição?

''Nós temos uma expectativa muito boa para o restante da competição, onde primeiramente a gente possa fazer uma campanha justa e quem sabe, brigar pelas primeiras posições.''

Foto: Frascisco Cedrim/ASCOM
Foto: Frascisco Cedrim/ASCOM
  • Qual sua meta no CRB pro restante da Série B?

''As quatro posições que dão acesso à Série A será decidida nas últimas rodadas, assim como foi no ano passado. O importante nesse momento é se distanciar o quanto mais da zona do rebaixamento, porque nós não podemos esquecer de onde nós estávamos há 30 dias, mas pelo momento atual da equipe, nós já podemos vislumbrar uma posição na primeira parte da classificação. Hoje nós temos uma distância de quatro pontos para o G-4 e quatro para o Z-4, então nós estamos no meio termo da classificação e isso nos dar, pela sequência de jogos que temos pela frente, uma expectativa grande para que a gente possa continuar crescendo dentro da competição.''

  • O que você acharia um sucesso no CRB em 2022?

''Como meta o CRB visa a melhor campanha possível, dentro das condições, do momento e de tudo que está acontecendo. Nós estamos recuperando a equipe, que está escalando a classificação e a posição final vai ser muito acima do que a gente pode apresentar durante a competição. O campeonato é muito longo, faltam muitos jogos para acontecer e muitas oscilações ainda vão acontecer e nós temos que estar preparados para que nesse momento preparados para que nesse momento de desequilíbrio que todas as equipes passam, nós estejamos fortes para passar o mais rápido possível por esse momento e continuar nossa trajetória dentro da competição. preparados para que nesse momento de desequilíbrio que todas as equipes passam, nós estejamos fortes para passar o mais rápido possível por esse momento e continuar nossa trajetória dentro da competição.''

O CRB volta a jogar pela Série B na próxima quarta-feira (29), às 21h30, contra o Tombense, no estádio Rei Pelé. O duelo pode colocar o time alagoano na quinta posição e entrar de vez na briga pelo acesso à Série A do ano que vem.

VAVEL Logo