Abel Ferreira assume responsabilidade de derrota, mas elogia desempenho do Palmeiras
César Greco/Palmeiras

Líder do BrasileirãoPalmeiras foi derrotado pelo Athletico-PR na noite deste s por 2 a 0 neste sábado (2), pela 15ª rodada da competição. Esta foi apenas a segunda derrota do Verdão na competição, a primeira desde a rodada de abertura diante do Ceará. Após o jogo, o técnico Abel Ferreira, fez sua análise do jogo e soltou o verbo.

Questionado sobre "o todos somos um" e as 35 finalizações feitas pelo Palmeiras em campo, o técnico se mostrou um pouco irritado e deixou claro que não é hora de colocar culpa em ninguém.

"Quantas finalizações fizemos?....Então não vamos falar mais disso, e sim de que temos que ser mais eficientes e que temos que assumir isso, temos que ser mais concentrados, menos afobados, criamos oportunidades suficientes, mesmo sofrendo dois gols, pra ganhar esse adversário, e eu já tive oportunidade de ver os lances que criamos e inclusive, isolado só o nosso jogador e o goleiro dele. Então não vamos falar do Dudu, não vamos falar de tática, vamos ser muito claros e objetivos, contra o Atlético Paranaense quantas vezes finalizamos disse você? 35?", completou

"Responsabilidade é toda minha"

O técnico Abel Ferreira também assumiu a responsabilidade da derrota e falou que se a torcida tiver que criticar, que seja a ele.

"A responsabilidade é toda minha, e se tiverem que criticar, não criticaram. Estou muito orgulhoso dos meus jogadores e muito orgulhoso da nossa torcida, não a maior juiz, no nosso desempenho, do que os nossos torcedores, e eles ao final do jogo reconheceram que nós jogamos e criamos suficientes para chegar a algum resultado. Agora não podemos não olhar para os fatos e dizer: Sim, tínhamos que ser mais efetivos nas oportunidades que criamos sim, não podemos criar tanto e falhar, não. porque está equipe já mostrou em jogos que criou muito menos e teve um escore muito maior".

O Palmeiras volta a campo nesta quarta-feira (6), às 19h15, no Allianz Parque, para encarar o Cerro Porteño pelo jogo de volta das oitavas de final da Libertadores.

VAVEL Logo