Vila Nova bate Londrina fora de casa e fecha primeiro turno no G-4 da Série B

Colorado aproveita da fragilidade do time paranaense como mandante e conquista vitória com gol marcado no segundo tempo; LEC completa três jogos sem vitórias em casa e perde duas posições na tabela

Vila Nova bate Londrina fora de casa e fecha primeiro turno no G-4 da Série B
Foto: Gustavo Oliveira/Londrina EC
Londrina
0 1
Vila Nova
Londrina : CÉSAR; REGINALDO, GUSTAVO SILVA, EDSON SILVA E AYRTON; RÔMULO (Uelber, Min. 67), JARDEL E CELSINHO (Marcinho, Min. 78); ARTUR, WELLISSON (Thiago Lopes, Min. 58) E CARLOS HENRIQUE. TÉCNICO: CARLOS TENCATI.
Vila Nova : LUIS CARLOS; MAGUINHO, ALEMÃO, BRUNO PRADO E GASTÓN FILGUEIRA; PH, GEOVANE, ALAN MINEIRO (Claudinei, Min. 63) E ALÍPIO (Léo Rodrigues, Min. 72); WALLYSON E MOISÉS (Tiago Adan, Min. 85). TÉCNICO: HEMERSON MARIA.
Placar: 0-1, Alípio, Min. 55.
ÁRBITRO: Diego Pombo Lopez (BA). Auxiliares: Marcos Welb Rocha de Amorim (BA) e Jose Carlos Oliveira dos Santos (BA). Cartões amarelos: Londrina- Celsinho (Min. 71); Vila Nova- Alípio (Min.31), Moisés (Min. 37), Gastón (intervalo), Alan Mineiro (Min.53).
INCIDENCIAS: JOGO VÁLIDO PELA 19ª RODADA DA SÉRIE B DO CAMPEONATO BRASILEIRO, SENDO DISPUTADO NO ESTÁDIO DO CAFÉ, EM LONDRINA (PR). Público pagante: 4.894 torcedores. Público total: 5.629. Renda: R$ 70.590,00.

Encerrando o primeiro turno da Série B do Campeonato Brasileiro, o Londrina recebeu Vila Nova no Estádio do Café, na noite desta segunda-feira (7). Com um gol marcado por Alípio, o Colorado levou a melhor sobre o time paranaense e voltou à zona de acesso da competição.

Após um primeiro tempo onde o LEC teve as melhores chances para abrir o placar através de bolas paradas, o Tigre voltou para a segunda etapa disposto a fazer um jogo igual. Não faltaram chances par as equipes inaugurarem o marcador. Alípio foi feliz ao acreditar na bola enfiada pelo uruguaio Gastón, enquanto a zaga alviceleste tentou fazer a linha de impedimento, mas não obteve êxito. Alípio saiu na cara do goleiro César e marcou o gol da vitória colorada.

Com pontos 32 pontos, na terceira posição, o Vila Nova volta a campo na próxima sexta-feira (11), no Estádio Serra Dourada, diante do Boa Esporte. O Londrina, por sua vez, visita o Internacional, no Beira Rio, no sábado (12). O Tubarão é o décimo colocado, com 27 pontos.

Londrina leva perigo com bolas levantadas na área, mas não marca

Os dez primeiros minutos do jogo foram completamente dominados pelo time visitante. Com a marcação adiantada, o Vila Nova parecia estar jogando em casa e pressionou o Londrina em seu campo de defesa. O Tubarão, porém, conseguiu se encontrar na partida e logo equilibrou as ações.  

As primeiras chances reais de gol apareceram através de bolas levantadas na área pelo Londrina. Em cobrança de escanteio, Edson Silva aproveitou o levantamento feito por Celsinho e cabeceou com perigo, obrigando o goleiro Luis Carlos a fazer uma defesa arrojada. Aos 16 minutos, foi a vez de Gustavo Geladeira ganhar da zaga colorada e cabecear pra fora a bola novamente levantada por Celsinho.

O domínio do Londrina era evidente, mas faltava objetividade. Com muitos erros de passe, o Tigre mostrava dificuldades para sair com a bola do campo de defesa, o que facilitou a missão do time da casa. A única boa oportunidade criada pelo Alvirrubro não foi aproveitada. O lateral-esquerdo Gastón fez o cruzamento rasteiro para a área, mas ninguém apareceu para completar a jogada.

Vila aproveita chances e vence no PR

A segunda etapa do jogo começou bem mais movimentada, com os dois times buscando o gol. Em jogada individual, Carlos Henrique arriscou de fora da área e viu a bola passar rente à trave, aos três minutos. A resposta colorada veio minutos depois com Artur, finalizando dentro da área. Rômulo acertou o travessão de Luis Carlos após cobrança do córner.

Depois de tantas boas oportunidades criadas, finalmente a rede balançou. Do meio do campo, Gastón enfiou uma bonita bola para Alípio, que se aproveitou do erro de posicionamento da defesa alviceleste e bateu  na saída do goleiro César, aos dez minutos.

O Londrina seguiu pressionando e tentou empatar com Carlos Henrique e Celsinho, mas não teve sucesso. Com a vantagem, o Vila Nova, que tem a quarta melhor defesa da Série B, ficou com o jogo à sua feição. A equipe de Goiânia teve a chance de ampliar em contra-ataques, mas não soube aproveitar. No final do jogo o Tubarão se lançou ao ataque, tentou o empate de todas as maneiras, mas amargou a terceira derrota em casa. 

Futebol Brasileiro