Fifa mantém suspensão preventiva de Guerrero após contraprova; julgamento já tem data definida

Defesa de Guerrero tentou impedir suspensão preventiva, mas sem sucesso; primeiro julgamento do caso, que será na Suíça, já tem dia marcado

Fifa mantém suspensão preventiva de Guerrero após contraprova; julgamento já tem data definida
(Foto: Alexandre Loureiro/Getty Images)

Na tarde desta sexta-feira (10), a Fifa optou por manter a suspensão preventiva de 30 dias para Paolo Guerrero. A defesa do peruano tentou interromper a pena provisória, garantindo condição de jogo ao atacante, mas teve seu pedido negado pela entidade.

A abertura da contraprova do exame antidoping, que já tinha tido um resultado analítico adverso, atestou novamente a presença de uma substância proibida pela WADA (Agência Mundial Antidoping) - é a benzoilecgonina, principal metabólito da cocaína.

+ Em meio a polêmica com Guerrero, entenda como funciona o passo a passo de exames antidoping

(Foto: Ernesto Benavides/Getty Images)
(Foto: Ernesto Benavides/Getty Images)

O primeiro julgamento de Guerrero também teve sua data definida pela Fifa. O caso irá a tribunal pela primeira vez no dia 30 de novembro, na Suíça; o jogador irá viajar ao país para se apresentar pessoalmente diante do júri. No mesmo dia, o Flamengo tem confronto decisivo na semifinal da Sul-Americana, contra o Junior Barranquilla.

Durante seu período de punição preventiva, o camisa 9 não pode sequer treinar junto de seus companheiros de Rubro-Negro. Vale lembrar que Guerrero também desfalcará a seleção do Peru na repescagem das Eliminatórias contra a Nova Zelândia, nos dias 11 e 15 de novembro.

Flamengo x Junior Barranquilla: informações e valores de ingressos para o duelo da Sul-Americana