Briga entre companheiros e goleada na Ilha: Flamengo vence time misto do campeão Corinthians

Em casa, o Flamengo vence o já campeão Corinthians por 3 a 0 com confusões entre jogadores do time vencedor

Briga entre companheiros e goleada na Ilha: Flamengo vence time misto do campeão Corinthians
Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians
Flamengo
Corinthians
Flamengo: CÁSSIO, LÉO PRÍNCIPE, BALBUENA, PABLO E MARCIEL; GABRIEL, FELLIPE BASTOS (GIOVANNI AUGUSTO, INTERVALO) E CAMACHO; MARQUINHOS GABRIEL (PEDRINHO, MIN. 28/2ºT), ROMERO (RODRIGO FIGUEIREDO, MIN. 40/2ºT); JÔ. TÉCNICO: FÁBIO CARILLE.
Corinthians: DIEGO ALVES, PARÁ, RHODOLFO, RAFAEL VAZ E TRAUCO; CUÉLLAR E WILLIAN ARÃO; MANCUELLO (RODINEI, MIN. 34/2ºT), DIEGO E GEUVÂNIO (ÉVERTON RIBEIRO, MIN. 20/2ºT); FELIPE VIZEU (LINCOLN, MIN. 19/2ºT). TÉCNICO: REINALDO RUEDA
Placar: 1-0, MIN. 21/1ºT, MANCUELLO. 2-0, MIN. 32/1ºT, DIEGO. 3-0, MIN. 45/1ºT, FELIPE VIZEU.
ÁRBITRO: WAGNER REWAY (MT), AUXILIADO POR EDUARDO GONÇALVES DA CRUZ (MS) E FABIO RODRIGO RUBINHO (MT). CARTÕES AMARELOS: GEUVÂNIO, PARÁ, RHODOLFO E RAFAEL VAZ (FLA); MARQUINHOS GABRIEL, GIOVANNI AUGUST, ROMERO E LÉO PRÍNCIPE (COR).
INCIDENCIAS: JOGO VÁLIDO PELA 36ª RODADA DA SÉRIE A DO CAMPEONATO BRASILEIRO 2017, NA ILHA DO URUBU, NO RIO DE JANEIRO, RJ.

O Flamengo recebeu o campeão Corinthians na Ilha do Urubu nesta tarde de domingo (19). O Mengão contou com a volta de Mancuello, que não jogava há 2 meses, e em algumas partidas, foi sequer relacionado, e acabou sendo um dos principais nomes da partida. O Timão entrou em campo sem alguns de seus titulares como Fagner, Guilherme Arana, Jadson e Rodriguinho, mas viu o goleiro Cássio voltar a sua posição de titular mas o Flamengo nem se deu conta da presença do goleiro, e venceu a partida por 3 a 0.

Apesar da vitória Rubro-Negra, o clima no clube já não estava dos melhores devido aos últimos resultados, duas derrotas seguidas para Coritiba e Palmeiras, e, foram criados questionamentos sobre o técnico atual campeão da América, Reinaldo Rueda, atuação fraca do elenco e cobrança e mal-estar entre torcedores e jogadores, a situação pode ter piorado após confusão entre Rhodolfo e Vizeu ainda no 1º tempo.

1º tempo resumido em gols e brigas no Flamengo, e desaparecimento do time do Corinthians

Desde o início da partida o time do Flamengo pressionava o campeão Corinthians com seu ataque muito questionado pela torcida, e após muitas tentativas, o argentino Mancuello recebeu pelo lado direito e passou por dois marcadores do time paulista, logo encontrando o gol de Cássio, marcando o primeiro gol da partida.

Após a abertura do placar, o Corinthians até tentou empatar com a cabeçada de Balbuena após escanteio cobrado por Fellipe Bastos, mas a bola foi logo afastada pela zaga do Flamengo. Mas a pressão corinthiana não durou muito, e aos 31’ Pablo faz falta em Geuvânio dentro da área e juiz marca pênalti, que foi batido por Diego, que ampliou o placar. Chegando ao final do 1º tempo, o Corinthians teve a oportunidade de fazer o primeiro gol, com Jô, mas Diego Alves se esticou todo e conseguiu tirar a bola.

Aos 44 minutos do 1º tempo, o zagueiro Rhodolfo e o atacante Vizeu entraram em conflito sobre o posicionamento da defesa durante uma cobrança de escanteio do Corinthians, e acabou acontecendo uma agressão, que não foi vista por nenhum árbitro, e logo Diego Alves apareceu para separar os jogadores. No minuto seguinte, aconteceu o último gol do Flamengo, marcado justamente por Vizeu, que comemorou fazendo gestos obscenos para o colega de time, que ficou irritado e chegou a ameaçar de continuar a briga no vestiário.

Flamengo segurava o resultado, e Corinthians procurava o gol

O Flamengo voltou mais calmo para o 2º tempo, sem resquícios de discussões no vestiário, mas o Corinthians voltou com todo o gás para chegar ao gol flamenguista, e Jô perdeu uma chance logo no início da partida, aos 6’. Marquinhos Gabriel também levou perigo ao gol na Ilha do Urubu, obrigando Diego Alves a se esticar todo, e tirar a bola da direção do gol.

Aos 23’, a maior chance corinthiana foi tirada por Willian Arão, que após cruzamento de Léo Príncipe e bom cabeceio de Jô, a bola passou por Diego Alves, mas o volante do Flamengo tirou em cima da linha, evitando o primeiro gol dos visitantes.

A jogada de mais destaque do Mengão foi no contra-ataque de Everton Ribeiro, que estava cercado por dois jogadores mas ainda conseguiu passar para Diego, que chutou em direção ao gol, mas a bola foi desviada.

O resultado positivo para o Flamengo pode trazer alívio dentro do clube até a semifinal da Copa Sul-Americana contra o colombiano Junior Barranquilla, na quinta-feira (23) às 21h45 (horário de Brasília) no Maracanã.