Com gol de Lucas Lima, Palmeiras vence Santo André na estreia no Paulistão

Meia fez nesta quinta sua primeira partida com a camisa do Verdão

Com gol de Lucas Lima, Palmeiras vence Santo André na estreia no Paulistão
Com o pé esquerdo: Lucas Lima comemora o golaço após belo chute de esquerda (Foto: Divulgação/Palmeiras)

Em sua estreia no Paulistão, o Palmeiras venceu nesta quinta-feira (18) o Santo André por 3 a 1, em partida no Allianz Parque. Com gols do artilheiro Willian, do estreante Lucas Lima e Keno, o Verdão triunfou sem dificuldade.

O Santo André ocupa a segunda posição do Grupo B do Campeonato Paulista, e enfrenta o Red Bull Brasil neste domingo (21), enquanto o Alviverde é o líder do grupo C e visitará o Botafogo também no domingo.

Primeiro tempo de reconhecimento

O time de Roger Machado foi quem dominou as ações da partida desde o início do primeiro tempo. Ainda enferrujado, o Verdão conseguiu reter a posse de bola à medida que se soltava em campo e os jogadores ainda pareciam tentar se conhecer. 

O time titular foi composto por alguns atletas que sequer haviam atuado juntos em uma partida oficial. Com Jaílson no gol, a linha de defesa foi composta pelos laterais Marcos Rocha e Victor Luís, e pelos zagueiros Antônio Carlos e Thiago Martins, por exemplo. No meio, os antigos desafetos Felipe Melo e Lucas Lima foram o termômetro da equipe e mostraram entrosamento. 

O Santo André ousava ao se arriscar no ataque e chegou a oferecer perigo em lances de bola parada, mas não conseguiu exigir que Jaílson praticasse alguma defesa. Quando tinha a bola, o Verdão se mostrava mais efetivo à medida que os minutos passavam. Felipe Melo se juntava aos zagueiros para auxiliar na iniciação de jogo, enquanto Lucas Lima se movimentava por toda a zona intermediária, auxiliando na construção e abrindo espaços no campo de ataque.

Até que aos 27 minutos, Felipe Melo lançou Borja no lado esquerdo. O colombiano dominou e cruzou rasteiro para Dudu, que de calcanhar, acertou a trave. Willian escorou no rebote e abriu o placar para o time da casa.

Foi a partir daí que o Santo André passou a ceder mais espaços e o Verdão não demorou a aproveitar. 10 minutos depois, Willian interceptou um passe ainda no campo de ataque, avançou e tocou para Borja. O centroavante teve sua finalização bloqueada, mas a bola se ofereceu para Lucas Lima, que emendou um belíssimo chute de fora da área. 

Susto, cansaço e alívio marca a segunda etapa

O Santo André voltou para o segundo tempo com uma postura mais ativa. Com a marcação mais adiantada, o time do ABC dificultou a saída de jogo de um Palmeiras que já demonstrava sinais de cansaço. Eis que aos 13 minutos da segunda etapa, Joãozinho fez bela jogada individual, onde com um só drible de corpo se livrou de três marcadores alviverdes e cruzou para a pequena área. Jaílson espalmou, mas o rebote caiu limpo nos pés de João Lucas, que diminuiu. Com o 2 a 1 no placar, os visitantes passaram a pressionar ainda mais. Aos 19, Walterson e João Lucas, no mesmo lance, acertaram a trave de Jaílson duas vezes seguidas.

A medida de precaução do treinador palmeirense veio logo em seguida: aos 22, Roger trocou Tchê Tchê por Bruno Henrique, volante de maior imposição física na marcação, e Dudu, cansado, deu lugar a Keno, que tem por característica a alta velocidade e drible, ideal para contra-ataques. Aos 29, o cansaço fez mais uma vítima: Antônio Carlos saiu sentindo fortes cãimbras, para a entrada de Juninho no miolo de zaga.

Mesmo cansado, o Palmeiras conseguiu conter as investidas do Santo André. Com o jogo "frio" até os 30, as investidas do Verdão passaram a girar em torno das transições rápidas ativando Keno nas costas do lateral Foguete. Aos 37, o habilidoso ponta acertou a trave. A posse voltou ao Verdão, e após trama com Victor Luís e Lucas Lima, Keno foi novamente acionado e finalizou no canto esquerdo de Neneca para liquidar o jogo.