Ricardo Oliveira decide, Santos vence e encerra sequência de vitórias do Fluminense

Em jogo equilibrado e com muitos passes errados, artilheiro do Peixe desequilibrou e decidiu a partida

Ricardo Oliveira decide, Santos vence e encerra sequência de vitórias do Fluminense
Foto: Divulgação
Santos
2 1
Fluminense
Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, David Braz e Zeca; Thiago Maia, Renato, Jean Mota (Yuri, min. 40'/2ºT) e Vecchio (Rafael Longuine, min. 0'/2ºT); Copete e Ricardo Oliveira (Rodrigão, min. 43'/2ºT). Técnico: Dorival Junior
Fluminense: Júlio César; Wellington Silva, Gum, Henrique e William Matheus; Pierre (Richarlison, min. 9'/2ºT), Douglas, Cícero e Gustavo Scarpa; Wellington (Marquinho, min. 34'/2ºT) e Marcos Junior (Henrique Dourado, min. 40'/2ºT). Técnico: Levir Culpi
Placar: 1-0, min. 3'/2ºT, Copete (SAN). 1-1, min. 16'/2ºT, Wellington Silva (FLU). 2-1, min. 35'/2ºT, Ricardo Oliveira (SAN).
ÁRBITRO: Igor Junio Benevenuto (MG, Aspirante Fifa), auxiliado por Pablo Almeida da Costa (MG, CBF) e Celso Luiz da Silva (MG, CBF).
INCIDENCIAS: 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, jogo realizado no estádio da Vila Belmiro, em São Paulo (SP).

Em confronto direto na briga pela quarta posição do Campeonato Brasileiro, o Santos venceu o Fluminense por 2  1, na noite desta quarta-feira (5), na Vila Belmiro. O gols do time paulista foram marcados por Copete e Ricardo Oliveira, enquanto o gol do time carioca foi marcado por Wellington Silva.

Com a vitória, o Santos se consolidou na quarta posição e foi à 51 pontos, encostando no terceiro colocado, Atlético-MG, que tem 53. Já o Flu, mesmo com a derrota continua em quinto lugar com 45 pontos e segue dentro do G-6, mas viu o Santos abrir vantagem de cinco pontos.

Na próxima rodada, as duas equipes tem clássico pela frente. O Santos enfrenta o São Paulo, no Pacaembu, na quinta-feira (13), às 21h (de Brasília). No mesmo dia e horário, o Fluminense enfrenta o Flamengo, em Volta Redonda.

Muitos passes errados e poucas oportunidades no primeiro tempo

O primeiro tempo foi de bastante marcação e muitos passes errados. O Santos teve um pouco mais da posse de bola, mas errou 24 passes, oito a mais que o Fluminense. A primeira grande oportunidade surgiu apenas aos 24 minutos, quando Copete roubou a bola de Wellington Silva e serviu Ricardo Oliveira que tentou finalizar na saída de Julio César, mas o goleiro tricolor defendeu.

O Fluminense ficava bastante atrás, esperando um erro do Santos para tentar o contra-ataque. A primeira chance clara de gol do Flu só surgiu aos 36 minutos, em jogada individual de Wellington, que fez fila pela esquerda e tentou a finalização da entrada da área, mas Vanderlei espalmou para o canto. Pouco depois, no minuto seguinte, após cobrança de lateral para a área, a bola sobrou com Marcos Junior, mas a finalização - que tinha endereço - parou em Zeca.

Santos abre o placar no começo, Fluminense busca o empate, mas Ricardo Oliveira decide no fim

Dorival Junior fez mudanças no intervalo. O Santos voltou com melhor aproveitamento nos passes e atacando o Fluminense. Não demorou muito e, aos três minutos, após cruzamento da direita, Copete cabeceou forte e não deu chances para Julio César.

O Fluminense teve que sair para o jogo. Levir Culpi mudou a equipe tirando o volante Pierre e colocando o atacante Richarlison. Aos 17 minutos, após cruzamento da esquerda, Marcos Junior desviou e Vanderlei fez grande defesa, mas no rebote Wellington Silva empatou o jogo. O gol levantou a moral do Fluminense. Aos 24 minutos, Marcos Junior lançou Richarlison nas costas da marcação. O atacante bateu na saída de Vanderlei e a bola saiu pelo canto. 

O Santos voltou a atacar comente aos 29 minutos, quando Luiz Felipe arriscou de longe e quase surpreendeu o goleiro Julio César. Aos 34 minutos, Jean Mota cobrou falta e acertou a trave. Na sequência do lance, após cobrança de escanteio, Ricardo Oliveira desempatou a partida.