Hamilton fica com a pole no GP Mônaco; Leclerc não chega ao Q2 por erro da Ferrari
Lewis Hamilton marcou a pole position de número 85 da carreira em Mônaco (Reprodução Twitter Mercedes AMG F1)

Hamilton fica com a pole no GP Mônaco; Leclerc não chega ao Q2 por erro da Ferrari

Mesmo andando atrás de Bottas no final de semana, o inglês foi o único a acertar a volta na segunda saída do Q3; em casa, Leclerc  foi vítima de erro grave de estratégia da Ferrari

felquint08
Felipe Quintella

Tudo indicava que o grande candidato para a pole position em Monaco era Valtteri Bottas. O finlandês terminou a primeira saída do Q3 em primeiro, com dois décimos de vantagem para Hamilton. Verstappen e Vettel corriam por fora, com chances caso alguma coisa acontecesse com as Mercedes. Mas na hora da decisão, o penta campeão se saiu melhor. Ele foi o único a encaixar uma volta, enquanto os rivais mal melhoraram seus tempos. Portanto, ele larga da ponta amanhã, posição conquistada com um tempo de 1.10.166. Hamilton comemorou muito, e parecia surpreso com o próprio feito.

Bottas larga da segunda colocação, fechando mais uma primeira fila da Mercedes. Ele foi apenas oito milésimos mais lento que Hamilton. Verstappen larga de terceiro, acompanhado de Vettel em quarto. O alemão chegou a esbarrar no guard rail na curva da piscina, prejudicando sua volta. Pierre Gasly ficou com natural quinto lugar.

Charles Leclerc teve uma classificação em casa para esquecer. Ele e Vettel não tinham um bom ritmo no Q1, e a Ferrari supôs que os tempos já marcados seriam suficientes para chegar ao Q2. Porém, os nomes da dupla começaram a descer na tabela. A equipe mandou Vettel, que estava na zona de eliminação, para a pista. O alemão conseguiu abrir volta, de quebra fazendo o melhor tempo da sessão. Enquanto isso, Leclerc, que estava em uma posição melhor, estava fora do carro. Logo, não deu tempo de ir para a pista, jogando seu tempo para a 16ª colocação. Em resumo, o monegasco terá que largar no fundo do grid por um erro grave de estratégia da Ferrari

Vale um destaque para Kevin Magnussen, que larga na posição de "melhor do resto" da vez, em sexto. O companheiro dele, Romain Grosjean, não conseguiu se classificar para o Q3. Da mesma forma, 

Da mesma forma, Daniel Ricciardo conseguiu levar sua Renault à sétima colocação, enquanto seu colega Hulkenberg marcava a P11. A Toro Rosso veio forte para o Q3, sendo a única equipe além de Mercedes e Red Bull a levar os dois carros para a última parte da qualificação. Assim, Kvyat larga da P8 e Albon da P10 amanhã.

VAVEL Logo