Bengals surpreendem, vencem Steelers e complicam rival na divisão
Divulgação/Cincinnati Bengals

Se favoritismo fosse colocado em campo, muitas equipes venceriam sem nem jogar. Nesta segunda-feira (21), o Pittsburgh Steelers (11-3) sentiram isso na pele e amargaram uma derrota difícil contra o Cincinnati Bengals (3-10-1) por 27 a 17 no Paul Brown Stadium.

Jogando fora de casa, Pittsburgh teve uma atuação muito ruim que construiu o placar para a terceira derrota seguida dos líderes da divisão. Sendo assim, o time de Mike Tomlin se complica na briga pelos playoffs e fica ameaçado para ficar com a liderança devido ao crescimento do Cleveland Browns (10-4).

O jogo

As derrotas seguidas abalaram a confiança dos Steelers para a reta-final da temporada. Com o ataque rendendo muito pouco, a equipe voltou a ter problemas para produzir e começou o jogo em marcha lenta. Sem o jogo terrestre e com Big Ben mais uma vez abaixo, Pittsburgh viu o primeiro tempo virar um grande pesadelo.

Sem nada a ver com isso, Cincinnati anotou 17 pontos e viu a defesa forçar dois fumbles e uma interceptação. O placar poderia ter sido ainda pior se não fosse um field goal de 55 jardas desperdiçado por Seibert. A vantagem parecia que os Bengals construiriam uma vitória histórica contra os rivais que são lideres da divisão.

No segundo tempo, os Steelers cresceram no confronto mesmo que em modo mais lento. Contra o relógio, Pittsburgh passou a precisar de pontos rápidos para vencer e anotou chegou a encostar no marcador com 10 pontos nas duas primeiras campanhas. Com a defesa melhorando e tirando o fraco ataque de Cincinnati em três jogadas em três campanhas, o momento era todo dos visitantes, mas um touchdown dos Bengals voltou a dar tranquilidade para a equipe pensar nas jogadas e decidir os próximos passos para confirmar o triunfo.

A defesa de Cincinnati forçou Pittsburgh em seu principal problema: gastar tempo para tentar pontuar. Mesmo pontuando logo em seguida, os Steelers já não tinham espaço para errar e viram a defesa dos Bengals voltar a dar problemas e fazer com que os visitantes cometessem um turnover on downs. Com a bola posicionada no campo de ataque, os lanternas da AFC Norte tiveram apenas o trabalho de queimar cronômetro e posicionar Seibert para anotar um field goal e dar números finais ao confronto.

Destaques do confronto

Pittsburgh Steelers: Ben Roethlisberger (20 de 38 passes completados, 170 jardas, 1 touchdown e 1 interceptação) e Benny Snell (18 corridas, 84 jardas e 1 touchdown).

Cincinnati Bengals: Ryan Finley (7 de 13 passes completados, 89 jardas e 1 touchdown) e Giovani Bernard (25 corridas, 83 jardas e 1 touchdown).

  • róximos compromissos

Na penúltima semana da temporada regular, as duas equipes voltam a jogar somente no próximo domingo, 27, às 15h (de Brasília). Os Steelers receberão o Indianapolis Colts no Heinz Field. Enquanto isso, Cincinnati viajará até o Texas para enfrentar o Houston Texans no NRG Stadium.

VAVEL Logo