Vela: Inaê Amstel Ultra evolui após três meses com o barco Soto 40
Foto: Flávio Perez/On Board Sports

A equipe de vela oceânica Inaê Soto Amstel Ultra está há quase três meses competindo com o barco Soto 40, adquirido no início de março. O salto de qualidade - agora com um veleiro planante -  exigiu da tripulação mais horas de treino e muito aprendizado. Os campeonatos como as copas ICS e Mitsubishi são fundamentais para o time ganhar cada vez mais entrosamento visando a Sailing Week de Ilhabela e o restante dos campeonatos de 2022 da modalidade.

Neste fim de semana, os comandados de Bayard Neto correram a abertura da segunda etapa do Circuito Ilhabela, também conhecido como Copa Mitsubishi. Mais rápidos e adaptados ao moderno Soto 40, os velejadores Inaê Soto Amstel Ultra aprovaram o desempenho nas provas de sábado (28) e domingo (29), apesar de não figurarem entre os primeiros.

Na visão do tático Xico Freitas, os resultados não mostram o real desempenho e evolução abordo do S40, além do entendimento de cada função por parte da tripulação santistas. ''Estamos satisfeitos com o desempenho nessa etapa da Copa Mitsubishi e cada regata que passa a gente erra menos, um fator fundamental para crescer na tabela. Voltamos pra casa com a missão de dever cumprido. Nos próximos dias vamos evoluir um pouco mais e conseguir um resultado que a gente está merecendo''.

O Inaê Amstel Ultra é patrocinado pela cervejaria holandesa e depois de sagrar se campeão brasileiro na classe ORC Silver, em março de 2022, adquiriu o S40 Crioula, barco vitorioso da vela nacional e sul-americana, que agora como Inaê Soto Amstel Ultra participa no grupo de elite da ORC Gold.

Além da ORC, a Copa Mitsubishi conta com as classes BRA-RGS, C30 e HPE25.  A conclusão da segunda etapa será nos dias 4 e 5 de junho, no mesmo local.

VAVEL Logo