Vela: Renata Bellotti celebra retorno ao time do Phytoervas 4Z
Foto: Aline Bassi/Balaio

Em participação no programa Loucos por Barcos, transmitido na última quarta (01) no canal da Náutica no Youtube, a velejadora Renata Bellotti falou sobre o seu retorno ao time de vela oceânica do Phytoervas 4Z. A atleta participa da tripulação da equipe que disputa a 2ª etapa da Copa Mitsubishi, em Ilhabela.

No último final de semana (28 e 29), Renata Bellotti integrou o time nas primeiras regatas desta etapa da competição. Nos próximos sábado e domingo (4 e 5), acontecem as últimas provas da 2ª etapa, onde ela também estará presente.

O barco Phytoervas 4Z se mantém entre os primeiros colocados da classe ORC após as regatas do primeiro fim de semana. Na divisão Gold, a equipe está atrás apenas do Phoenix, de Eduardo Souza Ramos. Já quando somados todos os veleiros que medem regra da ORC - Offshore Racing Congress, o time aparece na quarta colocação geral.

Renata tem forte ligação com o Phytoervas 4Z. Fazem parte da tripulação o seu marido e também velejador Juan De La Fuente e o seu irmão, Marcelo Bellotti, com o qual veleja desde a infância, onde se apaixonaram pela vela.

Em sua participação no programa, ela comentou sobre o retorno à equipe.

''Eu estou sempre em contato com a equipe, nem sempre posso participar dos treinamentos, mas procuro sempre estar por perto. Então surgiu o convite para eu assumir o comando do barco (leme) nesta etapa da Copa Mitsubishi, substituindo o Fabio Bruggioni que não poderia participar'', contou Renata, que teve a função de timoneira na embarcação Soto 40 nas provas no Canal de São Sebastião.

Renata Bellotti volta a competir gradualmente de vela oceânica após ser mãe do pequeno Luca, que hoje tem 2 anos e 5 meses. A bordo do Phytoervas 4Z, a velejadora paulista espera ajudar o time a brigar pelas primeiras posições na classe ORC no campeonato. Além da ORC, a Copa Mitsubishi conta com as classes BRA-RGS, C30 e HPE25.  A conclusão da segunda etapa será nos dias 4 e 5 de junho, no mesmo local.

Know how Renata tem de sobra para guiar o Phytoervas 4Z ao lado dos companheiros de equipe. A velejadora chegou a fazer esta função e outras nos barcos Doox, Montecristo, ESPN Brasil, BMW, Alpha Instrumentos e outros times.

''É incrível voltar a sentir a adrenalina de uma regata, eu sou extremamente competitiva, e também o desafio de enfrentar a natureza, com ventos fortes durante a velejada. Isso me motiva muito. Além disso, a possibilidade de se desligar um pouco da vida, deixar os problemas em terra, e sentir o vento, o barulho da água batendo no barco é o que vale para mim!'', afirmou a velejadora durante a participação no Loucos por Barcos.  

A timoneira, além das regatas pelo Phytoervas 4Z, ainda será peça-chave no barco Ruda XX, ao lado de Daniela Sanchez, Andrea Grael e Valéria Ravani, veleiro 100% feminino inscrito nas provas da 49ª edição da Semana de Vela de Ilhabela.

VAVEL Logo