Bernie Ecclestone afirma que domínio da Mercedes é prejudicial à Fórmula 1

O presidente da Formula One Management (FOM), Bernie Ecclestone, não anda nada satisfeito com o atual panorama da Fórmula 1. Para ele, a Mercedes tem imposto uma dominância muito grande na categoria desde que a introdução de novos regulamentos de motores foi implantada na F1 no início do ano passado.

Ecclestonne citou como exemplo o GP da Bélgica, onde na opinião dele a dobradinha da Mercedes já era previsível, tanto na corrida como nos treinos classificatórios: “O que nós realmente precisamos é de mais competição. O que não quero que aconteça é o que ocorreu (na semana passada) – antes da corrida, você podia garantir que a Mercedes estaria em primeiro e segundo, se terminassem e estamos falando de classificação e também da corrida. O que temos no momento, que está errado, é uma equipe muito, muito, muito dominante – com um motor particularmente dominante”, avaliou o presidente da FOM.

E o domínio da Mercedes está nos números, em 2014 a equipe venceu 16 das 19 corridas da temporada e neste ano já foram nove vitórias, em onze etapas disputadas. Em quesito de Pole Position a escuderia britânica mostra ainda mais a dominância sobre as outras equipes. Em 11 corridas disputadas, a Mercedes conseguiu sair na frente em todas.

Porém até momento apenas a Red Bull tem demosntrado abertamente o descontentamento com o domínio das flechas de prata na categoria, em diversas oportunidades a equipe austríaca até já ameaçou deixar a Fórmula 1 se nada for feito. A próxima etapa da F1 está marcada para acontecer no ciurcuito de Monza, na Itália, no dia 06 de Setembro e é claro com a cobertura completa da VAVEL.COM

VAVEL Logo