Red Bull Racing confirma brasileiro Sérgio Sette Camara como piloto de testes para 2020
Imagem: Reprodução/Aston Martin Red Bull Racing

A Red Bull Racing desde 2001 possui uma academia de jovens pilotos, com a finalidade de descobrir grandes talentos, tendo a marca da empresa atrelada a eles. Desde então, o projeto que financia essas promessas, conseguiu revelar pilotos como o tetracampeão Sebastian Vettel e outros que possuem grandes expectativas como Daniel Ricciardo e Max Verstappen.

Além dos três citados, foram revelados pela equipe austríaca e fazem parte do grid, Carlos Sainz Jr, Pierre Gasly, Daniil Kvyat e Alexander Albon, este no entanto, foi dispensado antes de chegar a F1. E o que tudo isso tem em comum com o brasileiro Sergio Sette Camara ? Tudo. O ex piloto de testes da McLaren, havia anunciado ontem sua saída da equipe britânica, está de volta a Red Bull. 

Em 2016, Sergio chegou a fazer parte do Red Bull Junior Team, tendo o auge dessa relação a ser anunciado piloto de teste e desenvolvimento da Toro Rosso, atual Alpha Tauri, equipe B da empresa de energéticos. No entanto, a relação não foi duradoura e o rompimento ocorreu no final daquela temporada. Desde então, o brasileiro correu pela Fórmula 2, uma categoria abaixo da principal, sem obter grandes resultados. 

A relação retorna em 2020, em um momento difícil para os austríacos. Em 2019, a Red Bull se viu sem pilotos para subir pra Fórmula 1 e teve que trazer de volta Daniil Kvyat a Fórmula 1 e Alexander Albon ao grupo. Nesse ano não é diferente, além do retorno de Sette Camara, a empresa trouxe Sebastian Buemi, defendeu a equipe entre 2009 á 2011, para ser piloto de teste ao lado do brasileiro. 

O GP da Austrália e todo o fim de semana do evento você poderá acompanhar as notícias aqui, na VAVEL.

VAVEL Logo