Carlos Sainz substituirá Vettel na Ferrari, segundo Verstappen
Foto: Reprodução/McLarenF1

A temporada de 2020 da Fórmula 1 está parada devido a pandemia da covid-19, mas nem por isso está parada. A Ferrari anunciou ontem (12), que Sebastian Vettel não continuará na equipe, em 2021. A decisão não chega a ser surpresa, já que o contrato do tetracampeão encerrará em 2020 e teve um ano de 2019, bastante turbulento com seu companheiro, Charles Leclerc

A não renovação de contrato e a disponibilidade de pilotar na equipe italiana gera o interesse de quem será o escolhido para o lugar do alemão. Em uma sessão de perguntas e respostas, no Instagram, o ex-piloto David Coulthard entrevistou Max Verstappen, piloto da Red Bull e ex-companheiro de equipe de Daniel Ricciardo.

A resposta de Max foi favorável ao Carlos Sainz: "Acho que não será o nome italiano(em referência a origem do sobrenome de Ricciardo, que apesar de ser australiano, seu pai e avós maternos nasceram na Itália). Vamos ver. No final do dia, é apenas um palpite. Teremos que esperar para ver".

A declaração de Verstappen, só reforça o crescente rumor que Sainz será o escolhido pela Ferrari e que o anúncio deve sair em uma data próxima. O piloto espanhol se destacou em 2019, ao liderar a McLaren para o quarto lugar dos construtores e tem seu vínculo com a equipe britânica sendo encerrado em 2020, mesma situação do contrato de Daniel Ricciardo com a Renault. 

A temporada atual marca o encerramento de vários contratos, o que poderá render uma dança das cadeiras grande na categoria. No final do ano, Lewis Hamilton, Valtteri Bottas, Alexander Albon, Pierre Gasly, Daniil Kvyat, Lance Stroll, Kimi Raikkonem, Antônio Giovinazzi, Kevin Magnussen, Romain Grosjean e Nicholas Latifi, além dos já citados no texto, têm seus vínculos encerrados, podendo assinar com qualquer equipe e o atual campeão, já teve seu nome ventilado na Ferrari. 

No final de 2019, um rumor ligou Lewis Hamilton à equipe italiana, quando houve um possível encontro envolvendo o piloto e dirigentes, somado a outros dois rumores, um envolvendo a saída de Toto Wolff da equipe alemã para assumir a Aston Martin; e o outro de uma possível saída da Mercedes da Fórmula 1. Entretanto, nos últimos meses, a possível saída de Hamilton da Mercedes, perdeu força. 

Com a temporada parada e a incerteza de competição, neste ano, cresce a possibilidade do nome ser anunciado logo e de mais equipes decidindo seus pilotos antes da segunda metade do ano começar. E todas as informações você acompanha aqui, na VAVEL Brasil. 

VAVEL Logo